Política

Dia dos Açores: a Bandeira da Região Autónoma - Apontamento V -


A Bandeira dos Açores foi aprovada pelo Decreto Regional nº. 4/79/A, de 10 de Abril e corresponde, com pequenas alterações de estilização e com a adição do escudete português no canto superior, à bandeira hasteada, pela primeira vez em  1893, na ilha de São Miguel, durante a Primeira Campanha Autonomista do século XIX.

Dia dos Açores: a Bandeira da Região Autónoma-  Apontamento V -

A Bandeira é partida de azul-escuro e branco: a divisão do lado da haste tem 40% do seu cumprimento, tendo a outra divião os restantes 60%.

Ao centro, sobre a linha divisória, tem um açor voante, de forma naturista estilizada, de oiro e, por cima, e em semicírculo, nove estrelas iguais, de oiro.

Junto da haste, no canto superior, tem o escudo nacional português.

As cores, que são as mesmas da bandeira da monarquia liberal portuguesa, que foi aprovada por Decreto de 18 de Outubro de 1830, assinado em Angra do Heroísmo, ilha Terceira, onde estava instalada a Regência do Reino.

A Bandeira foi hasteada pela primeira vez no Castelo de São João Baptista do Monte Brasil, da cidade de Angra, ainda nesse mesmo ano.

O desenho oficial da Bandeira foi publicado em anexo ao Decreto Regulamentar Regional nº. 13/79/A .


A Bandeira dos Açores foi, oficialmente, hasteada pela primeira vez a 12 de Abril de 1979 nas sedes dos departamentos da administração regional autónoma, havendo, nessa tarde, o encerramento de todos os serviços oficiais.

Carlos Tavares