Política

Duarte Silveira abandona a Câmara da Calheta

Duarte Silveira deixa a presidência da Câmara Municipal da Calheta antes do final do mandato alegando razões pessoais.

Duarte Silveira abandona a Câmara da Calheta
O autarca é substituído por Aires Reis que deverá ser o candidato dos social democratas à presidência da Câmara da Calheta nas autárquicas do final deste ano, embora a decisão das estruturas locais do PSD não tenha ainda sido tomada.

À frente da autarquia há oito anos, desde a saída do empresário José Leovigildo, Duarte Silveira afasta-se no dia em que a líder regional do partido, Berta Cabral, se deslocou a S.Jorge para discutir a preparação das autárquicas.

Recorde-se que Berta Cabral disse no congresso do PSD que a regra do partido era recandidatar os actuais presidentes de câmara.

Na Calheta não terá sido possível devido a divergências em torno da figura de Duarte Silveira protagonizadas pelos autarcas das juntas de freguesia mais influentes do Concelho: Ribeira Seca e Santo Antão.

Numa situação financeira díficil, a Câmara da Calheta, na ilha de S. Jorge, tem já um candidato assumido: Rogério Veiros, deputado regional do PS.

Os socialistas apostam na conquista das autarquias de S. Jorge, ilha onde só chegaram ao poder até agora através duma coligação com o CDS que elegeu, na década de noventa, Frederico Maciel, nas Velas.