Política

Envolvimento com mujahedines do povo afasta Casaca do Parlamento Europeu (vídeo)

O deputado Paulo Casaca considera que o PS não o recandidata ao Parlamento Europeu por causa do seu envolvimento com o grupo oposicionista iraniano mujahedines do povo.

O deputado apareceu num vídeo divulgado pela Net a conviver com mujahedines, classificados até há pouco tempo como terroristas pela União Europeia, o que lhe valeu largas referências na imprensa portuguesa e internacional.
"Eu creio que aquilo que fiz em relação ao Médio Oriente me enche de orgulho", disse Paulo Casaca, que reconheceu ter sido criticado pelo próprio líder nacional do Partido Socialista, José Sócrates, devido ao episódio dos Mujahedines do Povo.
Está mesmo em curso no Tribunal de Ponta Delgada um processo por difamação de Paulo Casaca contra o semanário Expresso.
Paulo Casaca não esconde que gostava de cumprir mais um mandato em Estrasburgo e Bruxelas.


Luciano Barcelos, Multimédia Açores

Reportagem vídeo - Herberto Gomes, Telejornal.