Política

Executivo regional formaliza acordos com sindicatos afetos à UGT e CGTP (Vídeo)

Depois de manifestações e pré-avisos de greve o Governo reconheceu as reivindicações dos profissionais de saúde.

© exploreterceira.com

O SINTAP foi o primeiro sindicato a chegar ao solar dos remédios, para assinar acordos há muito esperados, que prevêm a contagem integral do tempo de serviço, dos trabalhadores dos hospitais EPE da região, com contrato individual de trabalho.

Quem não ficou completamente satisfeito foi o representante do Sindicato dos Enfermeiros, porque não houve equiparação total ao regime da função pública.
Ainda assim, Francisco Branco admite que este foi o acordo possível em vésperas de eleições.

O Sindicato dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais, do Sul e Regiões Autónomas, também foi à Secretaria da Saúde para proceder à alteração da convenção coletiva de trabalho, juntamente com os três hospitais da região.

Com a formalização destes acordos, o executivo açoriano reconhece o tempo de serviço prestado entre 2007 e 2018 pelos trabalhadores dos três hospitais da região, com contrato individual de trabalho por tempo indeterminado.

No total a solução agora encontrada vai abranger mais de 1 400 trabalhadores, num reforço de investimento, no serviço regional de saúde, próximo dos dois milhões e meio e euros anuais.

RTP/Açores