Política

"Governo dos Açores não tem legitimidade para decidir regionalização de empresas privadas", afirma Reis Leite


Esta é, pelo menos, a opinião do ex-presidente da Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, para ouvir no programa de informação "Frente-a-Frente", da autoria do jornalista da Antena 1/ Açores, da Delegação da ilha Terceira, Armando Mendes, que será transmitido Sábado, pelas 12h00.

Governo dos Açores não tem legitimidade para decidir regionalização de empresas privadas, afirma Reis Leite


Reis Leite é da opinião de que o Governo não tem legitimidade política para decidir sobre a regionalização de empresas privadas, cabendo essa competência ao Parlamento açoriano.

O ex-presidente do Parlamento considera que se trata de uma competência da Assembleia Legislativa, até porque essa é uma questão de carácter ideológico.

Reis Leite realça que "o Governo não pode intervir sobre a regionalizalção de empresas", como pretente o presidente do Governo Regional, Carlos César, para resolver questões inerentes ao funcionamento das mesmas", porque é matéria que não se enquadra nas competências do Executivo.

Notícia: Antena 1 / Açores