Política

Ilusória e falsa a contabilidade do orçamento da Câmara de Ponta Delgada, afirma o PS


É ilusória e falsa a contabilidade do orçamento da Câmara Municipal de Ponta Delgada para 2009. Quem o afirma é o Partido Socialista que votou contra o documento.

Ilusória e falsa a contabilidade do orçamento da Câmara de Ponta Delgada, afirma o PS

O Partido Socialista votou contra o documento e deu exemplos: afirma que a anunciada redução de 50% na taxa de derrama sobre o IRC, para empresas pequenas, já estava previsto em 2008, que a redução da taxa máxima de IMI de 8 para 7% decorre das alterações à lei, recentemente anunciadas pelo Governo da República e que o conjunto de incentivos fiscais, no âmbito do programa REVIVA, já está em vigor este ano e, por isso, não é uma medida especial.

O Partido Socialista na Câmara Municipal de Ponta Delgada, ilha de São Miguel, acusa ainda a Presidente da Autarquia, Berta Cabral, de estar a aproveitar os recursos técnicos-financeiros do cargo que actualmente desempenha para obter benefícios político-partidários.

Margarida Pereira / Carlos Tavares