Política

Jaime Ramos criticou Carlos César


Jaime Ramos, presidente do Conselho Empresarial da Madeira, minimizou, ontem, as declarações de Carlos César reproduzidas num matutino regional.

Em declarações à RJM, Jaime Ramos, disse que "esse senhor é um funcionário do PS que foi mandado para os Açores".

Jaime Ramos diz mesmo que é capaz até de conhecer os Açores melhor que Carlos César, pois, "embora seja açoriano de nascimento, esteve muitos anos fora dos Açores. Eu cá conheço os Açores há mais de 40 anos. Eu posso dizer que tenho vergonha do desenvolvimento dos Açores".

Recordando uma visita recente que fez àquela região, Jaime Ramos diz que "os Açores estão o mesmo que estava há 40 anos. O seu desenvolvimento foi pouco. O senhor Carlos César não tem capacidade de gerir os Açores. Tem-no demonstrado. Recebeu tanto dinheiro, ou mais que nós, nos anos que antecederam este novo Quadro Comunitário de Apoio e o PIB dos Açores baixou, em relação ao que já era antes. Vive do subsídio da vaca, do subsídio do leite, do subsídio da carne e, quando acabar o subsídio, voltam ao que eram em 1960. Isto é a polítia de César. E falar de César e falar de ninguém, é a mesma coisa".