Política

João Jardim não vai participar na campanha eleitoral dos Açores, mas o PSD não poupa críticas ao Governo socialista


Alberto João Jardim não vai participar na campanha eleitoral dos Açores para as legislativas de 19 de Outubro, mas o PSD não poupou hoje críticas ao Governo açoriano, no sector agrícola.

João Jardim não vai participar na campanha eleitoral dos Açores, mas o PSD não poupa críticas ao Governo socialista


O líder do PSD da Madeira gostava de festejar uma vitória social-democrata no arquipélago, mas recusa afrontar o seu amigo e Presidente do Governo dos Açores, Carlos César.

Mas, o PSD não vai faltar com críticas ao governo socialista.

Ainda hoje, na ilha Terceira, o partido afirmou que o Governo regional apresentou, para esta legislatura, sete bandeiras para a Agricultura, mas, quatro anos depois, garantem os sociais-democratas, continuam por cumprir.

António Ventura, porta-voz do PSD para o sector, afirmou que a extensão rural não saíu do papel e que o emparcelamento se ficou por uma experiência piloto, na ilha do Faial.

Acusou ainda o Governo regional de não ter concretizado o anunciado Centro de Leite e Lactícinios, dos seguros agrícolas, prometidos desde 2004, não serem uma realidade, assim como o incremento das relações comerciais com Cabo Verde e com a Madeira.

O PSD / Açores diz ainda que a diversificação agrícola é uma miragem no arquipélago e que a melhoria do rendimento do agricultor falhou, porque os socialistas continuam sem dados sobre esta matéria.

Lília Almeida / Rui Messias / Carlos Tavares