Política

Jorge Miranda discorda das propostas de Vasco Cordeiro para combater a abstenção (Som)

Premiar em sede fiscal os cidadãos que votam é uma ideia nociva para a imagem dos açorianos e anti-educativa, diz o constitucionalista Jorge Miranda.


"Foi uma ideia que lhe surgiu", conclui o professor de direito ao comentar o discurso de Vasco Cordeiro no dia dos Açores.

Nesse discurso, o presidente do governo regional admitiu compensar os cidadãos que votam regularmente, dando-lhes um tratamento fiscal diferenciado.

Jorge Miranda lembra que qualquer alteração à lei eleitoral é da competência da Assembleia da República.

Antena 1 Açores