Política

Lei da paridade não agrada aos leitores do site da RTP/Açores

Cinquenta e oito por cento dos utilizadores do site Acores.rtp.pt discorda da lei da paridade que obriga a que as listas concorrentes às eleições para a Assembleia da República, para o Parlamento Europeu e para as autarquias incluam mulheres na proporção de um terço.

Lei da paridade não agrada aos leitores do site da RTP/Açores
Entre os utilizadores do site da RTP/RDP-Açores, vinte e oito por cento concorda com a lei da paridade e treze diz não ter opinião.
Esta lei, que está a ser testada pela primeira vez nas eleições europeias deste ano (próximo fim-de-semana) chegou a ser vetada pelo Presidente da República, Cavaco Silva, em Junho de 2006.

Luciano Barcelos, Multimédia Açores.