Política

LREC defende demolição de construções na Ponta da Fajã, nas Flores (Vídeos)

O relatório alerta para a existência de zonas potencialmente instáveis e para o perigo a que estão sujeitas as pessoas e as infraestruturas.

© SIARAM

A população contesta o parecer técnico e fala mesmo em injustiça.

O parecer técnico foi solicitado ao Laboratório Regional de Engenharia Civil pela Câmara Municipal das Lajes das Flores, em agosto de 2019, e pedia uma reavaliação dos condicionalismos que classificaram a Ponta da Fajã, na Fajã Grande, como zona de alto risco.

Quando se verificou uma derrocada no lugar da fajã, a zona foi classificada de alto risco e, nessa altura, foi criada legislação a proibir qualquer tipo de construção naquela área.

Ficando interditas a edificação e habitação ou recuperação dos imóveis existentes.

Certo é que, 30 anos depois, há pessoas que continuam a residir no local, imóveis que foram recuperados e até novos imóveis construídos.

Algumas pessoas manifestaram-se contra o parecer do LREC que estipula a demolição das habitações.



RTP/Açores