Política

PCP /Açores contra maior envolvimento americano nas Lajes


O PCP/Açores, a propósito de notícias publicadas sobre um princípio de acordo, tendo em vista o treino de aviões F-22 e F-35, das Forças Armadas dos EUA, reafirmou a sua posição contra a possibilidade do maior envolvimento de Portugal no reforço armamentista daquele país, na sua estratégia agressiva global.

PCP /Açores contra maior envolvimento americano nas Lajes

Numa Nota distribuída à Comunicação Social, os comunistas exigem que os executivos nacional e regional, reclamem do governo norte-americano a resolução dos actuais problemas laborais da Base das Lajes, nomeadamente "a manutenção e até o aumento de postos de trabalho, bem como os direitos e regalias que lhes têm vindo, continuadamente, a ser retirados, aplicando a lei portuguesa".

O PCP considera ainda que deverão ser exigidas ao Governo dos Estados Unidos da América "as devidas contrapartidas para a ilha Terceira, para a região e para o país, do ponto de vista económico e social"

O PCP / Açores afirma "não poder deixar de se preocupar com o facto do espaço aéreo que possivelmente vai ser posto à disposição das Forças Armadas norte-americanas corresponder a quase quatro vezes o de Portugal continental".

Alerta também para "as implicações que a decisão pode ter no normal funcionamento da Aerogare Civil das Lajes e os prejuízos para os passageiros e para a economia da Região, quando as carreiras de tráfego aéreo civil forem condicionadas ou mesmo interrompidas".

Carlos Tavares com Gabinete de Imprensa da CDU / Açores