Política

PCP/Açores critica medidas contra a crise


O Partido Comunista, reunido este fim-de-semana, considera que "as medidas de austeridade que foram recentemente anunciadas pelo Governo constituem um salto qualitativo na ofensiva protagonizada pelos Governos do PS contra os rendimentos dos trabalhadores, desta vez, com a cumplicidade do PSD".

PCP/Açores critica medidas contra a crise

Para os comunistas, "nos Açores, o efeito das políticas anunciadas será ainda mais terrível, devido à fragilidade da economia regional e servirá para agravar, ainda mais, o desemprego e a pobreza que têm assolado a Região Autónoma e cuja dimensão atinge foros dramáticos".

Em contrapartida, o PCP/Açores propõe o "investimento, em particular, investimento público, para o desenvolvimento económico, o aumento da produção nacional e a criação de emprego, o aumento dos salários, que são os mais baixos da Europa e também das pensões de reforma e o reforço e alargamento das prestações sociais, como é o caso do subsídio de desemprego".

Em comunicado distribuído à Comunicação Social, os comunistas perguntam "onde está a Europa dos povos e dos cidadãos, onde está a Europa social, onde está a Europa solidária? ".

Carlos Tavares com informação da DORAA do PCP