Política

Pedro Nascimento Cabral vence Ponta Delgada (Vídeo)

O PSD conquistou no domingo a maioria na Câmara de Ponta Delgada, a maior autarquia dos Açores, que o partido lidera há 28 anos, com a eleição do deputado regional Pedro Nascimento Cabral para presidente do município.



A candidatura do PSD obteve 48,68% e cinco mandatos na Câmara, segundo os dados finais disponibilizados no 'site' do Ministério da Administração Interna (MAI).

O segundo partido mais votado foi o PS e a candidatura encabeçada por André Viveiros, com 37,33% dos votos e quatro mandatos, tendo o BE ficado em terceiro lugar, com 2,78% dos votos.

Na Assembleia Municipal (AM) de Ponta Delgada, a novidade é a Iniciativa Liberal, que conseguiu eleger um deputado municipal pela primeira vez -- obteve 3,32% dos votos.

O BE, com 3,29% dos votos para a AM, voltou a conquistar um mandato naquele órgão autárquico.

Ainda para a AM, o PSD obteve 46,07% dos votos, conquistando 14 mandatos, os mesmos do que nas autárquicas de 2017, de acordo com os dados do MAI.

Na AM de Ponta Delgada, o PS alcançou 37,19% dos votos e 11 mandatos, menos um do que em 2017.

Em 11 eleições autárquicas livres, o PSD presidiu quase sempre à Câmara de Ponta Delgada, com exceção do mandato 1989-1993, em que socialistas em coligação com o CDS-PP 'tiraram' a autarquia aos sociais-democratas.

A Câmara de Ponta Delgada é liderada pela social-democrata Maria José Duarte, a terceira presidente do município no atual mandato -- a Câmara foi conquistada em 2017 por José Manuel Bolieiro (PSD), atual presidente do Governo Regional dos Açores.

Em junho de 2020, a até então vice-presidente assumiu a presidência da câmara, depois de Humberto Melo ter renunciado ao cargo por questões de saúde.

Humberto Melo havia, em março, sucedido a José Manuel Bolieiro, que saiu da autarquia para se dedicar em exclusivo à liderança do PSD/Açores, assumindo posteriormente a liderança do Governo dos Açores.

Nas eleições autárquicas de 2017, o PSD, com Bolieiro, venceu a Câmara de Ponta Delgada com 51,28%, alcançando cinco mandatos, sendo que os outros quatro mandatos foram conquistados pelo PS (39,11%).

De acordo com os dados preliminares do Censos 2021, o concelho de Ponta Delgada continua o mais povoado dos Açores, com 67.287 residentes, mas registou uma perda de 1.522 (menos 2,2%) relativamente a 2011.

Sete forças políticas - PS, BE, PSD, IL, CDU, PAN e Chega - apresentaram candidaturas à presidência da Câmara Municipal de Ponta Delgada nestas autárquicas.

André Viveiros, do PS, historiador e líder da bancada do partido na Assembleia Municipal, foi o cabeça de lista dos socialistas.

O professor de Ciências Naturais Dinarte Pimentel concorreu pelo PAN.

O professor de Física e Química Rui Teixeira concorreu pela CDU (PCP/PEV).

O funcionário da SATA Luís Quental apresentou-se como cabeça de lista da IL.

Luís Franco, trabalhador da Rede Integrada de Apoio ao Cidadão, foi o nome apresentado pelo Chega.

A funcionária da SATA e deputada municipal Vera Pires, candidata pelo BE, era a única mulher a encabeçar uma lista à Câmara de Ponta Delgada.

Vídeo: RTP-Açores

Texto: Lusa