Política

Saúde e Transportes são as maiores preocupações do conselho de ilha do Pico (Vídeo)

Para além destas áreas, os conselheiros picoenses querem ainda saber o estado de construção da nova fábrica da Cofaco, bem como a estratégia delineada para os Estaleiros Navais da Madalena.

© SIARAM

Na saúde, os conselheiros defendem uma melhoria das condições para a prestação de cuidados, nomeadamente mais recursos humanos e equipamentos, enfatizando a necessidade do aumento do número de consultas de especialidade na ilha, de forma a minimizar a deslocação de utentes a outras ilhas, com especial atenção para as áreas da pediatria e pré-natalidade.

Outra reivindicação prende-se com uma maior harmonização e interligação administrativa entre os serviços da Unidade de Saúde da Ilha do Pico e o Hospital da Horta, nomeadamente na deslocação de doentes, defendendo-se, por outro lado, a realização de estudo e reflexão sobre a orgânica, competências e dependências dos Serviços de Saúde da ilha do Pico, com vista à melhoria dos mesmos tanto a nível de ilha como de triângulo, através da criação de um polo hospitalar na ilha do Pico.

Nos transportes, o Conselho de Ilha quer saber o ponto da situação relativamente ao projeto do Porto Comercial, em São Roque, e volta a insistir na necessidade da ampliação da pista do Aeroporto do Pico, reivindicando o aumento do número de voos diretos com o continente, alegando que se justifica a criação de um voo diário na rota Lisboa/Pico/Lisboa na época alta e sobretudo dotar-se a SATA de mais aeronaves e tripulações que permitam assegurar as ligações dentro das suas datas e horários.

RTP/Açores