Política

Veto do Estatuto dos Açores: reacções partidárias


O PSD / Açores estava já à espera do veto político do Presidente da República ao novo Estatuto da Região Autónoma dos Açores.

Pela voz de José Manuel Bolieiro, manter o braço-de-ferro com Cavaco Silva, sustentado numa norma inconstitucional, por violar a hierarquia das leis, é prejudicial para os Açores.

Cavaco Silva continua a defender que uma lei ordinária, como é o caso do Estatuto dos Açores, não pode impôr limites às competências dos orgãos de soberania.

Por sua vez, o líder do CDS/ PP não compreende o veto do Presidente da República.

Artur Lima afirmou que o veto a este Estatuto mais não veio do que confirmar a tendência centralista do actual Chefe de Estado.

Lima espera agora que a Assembleia da República confirme, por maioria relativa, o Estatuto Político-Administrativo dos Açores e que seja promulgado o mais rapidamente possível.

Luís Branco / Carlos Tavares