Sociedade

Açores: Departamento de Oceanografia e Pescas aumentou em 80% o número de vagas para mestrados


As aulas começam ainda esta semana e, relativamente ao curso de operadores marítimo-turísticos, a procura excedeu as expectativas: muitos candidatos ficaram de fora, por falta de vagas.

Açores: Departamento de Oceanografia e Pescas aumentou em 80% o número de vagas para mestrados

De facto, no departamento de Oceanografia e Pescas, na cidade da Horta, ilha do Faial, o curso de operadores marítimo-turísticos, continua a ser a área mais procurada.

Este ano, conforme afirmou à Antena 1/Açores o coordenador, João Gonçalves, "as 18 vagas foram preenchidas, mas, 24 candidatos ficaram de fora".

Para os mestrados no Estudo Integrado dos Oceanos, a procura respondeu à oferta.

As aulas para os caloiros abrem esta semana e paras os alunos do segundo ano as aulas têm inicio na próxima semana.

A principal vocação do Departamento de Oceanografia e Pescas não é o ensino - é a investigação.

As aulas que começam , em pleno, para a semana, respondem a uma pressão constante de especialização, por parte de licenciados, nas diferentes áreas das licenciaturas científicas.

Luís Branco / Carlos Tavares