Sociedade

Açores: menos nascimentos e maior mortalidade infantil


O número de nascimentos na Região Autónoma dos Açores caiu 1,8 por cento, em 2009, face ao ano anterior.

Açores: menos nascimentos e maior mortalidade infantil

Os dados, embora provisórios,  foram hoje revelados pelo Serviço Regional de Estatística e indicam que nasceram no ano passado, no arquipélago, 2.786 crianças, tendo-se registado 2.433 óbitos.

A evolução demográfica ocorrida no arquipélago revela uma quebra no saldo natural, que resulta da diferença entre nascimentos e mortes, caindo de 562, em 2008, para 353, em 2009.

Em comparação com os dados relativos a 2008, verificou-se também, no ano passado, uma subida na taxa de mortalidade infantil, que cresceu de 4,6 para 5,4, por mil nascimentos, com 15 óbitos de crianças com menos de 12 meses, em 2009, contra 13, no ano anterior.

Carlos Tavares com Agência Lusa