Sociedade

Caução de 25 mil euros para Alexandre Gaudêncio

O presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, arguido na operação Nortada, foi esta terça-feira ouvido por uma juíza de instrução criminal.

Caução de 25 mil euros para Alexandre Gaudêncio

A magistrada concluiu que existem "fortes indícios" da prática de crimes e fixou como medidas de coação a proibição de contactar com os restantes arguidos e o pagamento de uma caução de vinte e cinco mil euros.

Um comunicado do tribunal judicial da comarca dos Açores lembra que "a Constituição não permite a arguidos eleitos a proibição do exercício de funções.

RTP-Açores