Sociedade

Comunicação entre médicos de família e unidades de saúde tem de ser mais estreita (Som)

A reivindicação é do presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar, Rui Nogueira.

© APMGF - Facebook

 

No arranque das Jornadas de Medicina Geral e Familiar dos Açores, o organismo alertou para a necessidade de serem criados canais que facilitem a comunicação entre os médicos das ilhas mais isoladas e com menor densidade populacional, e os hospitais.  

A associação reclama, também, maior atenção à telemedicina e diz-se disponível para desenvolver equipas multidisciplinares de proximidade.

 

Antena 1/Açores