Sociedade

Enfermeiro diz que foi despedido por defender boas práticas na Misericórdia da Madalena (Vídeos)

Um enfermeiro acusa a Santa Casa da Misericórdia da Madalena do Pico de desenvolver más práticas que prejudicam os utentes.


Luís Silveira diz que foi despedido apenas depois de 11 dias de serviço por defender a sua profissão e os utentes contra as intromissões do encarregado de serviços gerais da instituição.

Na reação, o provedor da Misericórdia da Madalena diz que as críticas são infundadas e acusa Luis Silveira de agir de má fé.

José António Amaral justifica o despedimento com faltas injustificadas do enfermeiro e com o alegado mau ambiente que criou na Santa casa da Misericórdia da Madalena do Pico.


RTP-Açores