Sociedade

Falta de provas contra ex-comandante da policia municipal de Ponta Delgada evita julgamento (Vídeo)

Tribunal da Relação confirmou decisão de Juiz de não levar a julgamento o ex-comandante da Polícia Municipal de Ponta Delgada, Alberto Peixoto.

Alberto Peixoto estava acusado de três crimes de coação agravada e de nove por abuso de poder.

O caso remonta a 2013, quando vários agentes da polícia municipal denunciaram o ex-comandante.

O Juiz de instrução acabou por decidir não levar a julgamento Alberto Peixoto por falta de provas.

Telejornal RTP/Açores