Sociedade

Médicos demitem-se no hospital de Ponta Delgada

Doze chefes de equipa do serviço de urgência do hospital de Ponta Delgada demitiram-se esta terça-feira.

Médicos demitem-se no hospital de Ponta Delgada

Os médicos insistem no pedido de desculpas do Vice-presidente do Governo Regional e exigem remunerações semelhantes aos médicos do continente e da Madeira e a demissão do conselho de administração do Hospital do Divino Espirito Santo.

Entretanto, na terça-feira à noite, o presidente do governo regional, José Manuel reuniu com os sindicatos dos médicos. 

Não houve declarações após as reuniões.

Antena 1 Açores