Sociedade

Médicos insistem em pedido de desculpas (Vídeo)

Os médicos não abdicam e voltam a exigir um pedido de desculpa por parte do governo.




As declarações de Artur Lima, que afirmou que "os clínicos não podem usar o dinheiro como moeda de troca", continuam a gerar incómodo./.

Numa reunião, ontem à noite, que juntou 80 profissionais de várias ilhas, foi definida uma estratégia para negociar com o governo o limite das horas extra,a causa de toda a polémica./.

Ordem dos Médicos, Presidente do Governo e Secretário da Saúde voltam a reunir na próxima terça-feira.