Sociedade

Negócios junto às zonas balneares está a satisfazer os empresários (vídeo)

Para os empresários com bares ou restaurantes à beira das zonas balneares, os clientes não desapareceram. Têm é um consumo mais moderado.

Negócios junto às zonas balneares está a satisfazer os empresários (vídeo)



Logo pela manhã, com o sol a brilhar, são muitos os que vão chegando para um banho na praia de Santa Bárbara na Ribeira Grande.

A esta hora, a esplanada do bar ali implantado há três anos está ainda vazia, mas ao longo do dia e à noite a situação é bem diferente.

Por volta das 11h00 da manhã, na praia do pópulo, a esplanada está composta.

O empresário, Clemente Fernandes, reconhece que a afluência neste Verão não está má.

O empresário diz que no Verão passado foi muito mais irregular, com as oscilações do tempo.

Com a frequente chuva, baixava drasticamente a frequência do pópulo café.

Na ribeira grande, o Tukátulá funciona todos os dias, inclusivé no natal.

Agora, para cativar mais clientes, tem noites de música ao vivo e até serviço de massagens.

O estabelecimento beneficiou, também, da proximidade da Praia do Monte Verde, onde decorreu o mundial de surf.

Ambos os empresários reconhecem, no entanto, que, apesar da afluência, o consumo é diferente.

Apesar de muito se falar em crise e de alguma contenção no consumo, o problema dos empresários não está para já no Verão.

A época baixa continua a ser a dor de cabeça para aguentar os custos de manutenção dos serviços com qualidade.