Sociedade

Precariedade laboral dos investigadores põe em risco o desenvolvimento ciêntífico nos Açores (Som)

Andar de "bolsa em bolsa" é uma realidade que faz parte da vida dos investigadores há vários anos. Devido a isso, os Açores têm vindo a perder recursos humanos hiperqualificados.

A ciência e os bolseiros de investigação vivem uma situação de extrema precariedade há vários anos, a nível nacional e regional.

Para Sérgio Ávila, Presidente do Conselho Regional dos Açores da Ordem dos Biólogos, a resolução deste problema passa pela instituição de uma carreira ciêntífica, com contratos de trabalho por objectivos.

Antena 1 Açores