Sociedade

Pressão no hospital de Ponta Delgada preocupa Ordem dos Médicos (Vídeo)

A Ordem dos Médicos nos Açores pronunciou-se sobre a situação que se vive no hospital do Divino Espírito Santo, com a falta de camas e o cancelamento de cirurgias. Acusa a tutela de falta de planificação e estratégia.

Isabel Cássio defende a especialização do hospital de Ponta Delgada e afirma que a ordem dos médicos não pode deixar de manifestar a sua preocupação quando o diretor clinico e o conselho de administração os alertam para problemas de qualidade de serviços assistencial.

A representante da Ordem dos Médicos nos Açores defende por um a lado prevenção e desenvolvimento de uma cultura para a saúde, por outro lado, um maior apoio de retaguarda por parte dos centros de saúde para dirigir o hospital para o tratamento de agudos e casos problemáticos.

RTP/Açores