Sociedade

SPA exige taxa pelas atuações da filarmónica no dia do Bodo (Vídeo)

A Sociedade Portuguesa de Autores exigiu ao império da freguesia da Agualva, na ilha Terceira, o pagamento de uma taxa pelas atuações da filarmónica local nos domingos de Bodo (festas dos Espírito Santo).

© Isidro Vieira


A Comissão dos Bodos da Agualva mostra-se surpreendida e indignada com a cobrança de direitos de autor.

Com um orçamento apertado, constituído sobretudo de receitas provenientes dos donativos dos habitantes da freguesia, esta é mais uma dificuldade para quem organiza este tipo de eventos. 

RTP-AÇORES