Ouvir
Programa da Manhã
Em Direto
Programa da Manhã Com José Carlos Trindade

Apoios

“Entremezes” no Teatro das Beiras

Dia 14 de Junho

|

“Entremezes” no Teatro das Beiras

"Entremezes", com texto e encenação de José Carretas, é a 103ª produção do Teatro das Beiras
Estreia a 14 de junho, às 21h45.

"Saídos da linhagem de uma grande tradição editorial que grassou desde o século XVI até ao século XIX em Portugal, os entremezes constituíam juntamente com temas vários (poesia, história, anedotário, narrativas, acontecimentos, etc.), materiais de grande profusão e que de alguma forma se estabeleceram como antecedentes primitivos dos media dos nossos tempos. O teatro, reconhecido nos entremezes, ganhou dessa forma um espaço de difusão e abrangência que explica o entusiasmo e o gosto instalado, não só em resultado do acesso à forma escrita, mas mais importante ainda, pela facilitação da sua transposição para o palco, preenchendo um imaginário alimentado e ficcionado num quadro de costumes que tão bem revelam e retratam um longo período da nossa história social. Este era um teatro que apesar de ter como intenção primeira a diversão, não enjeitava a oportunidade de ser crítico e moralizador onde, “se vê o engano descoberto, a mentira afeada; a torpeza infamada a prodigalidade empobrecida, a ambição desacreditada e todas as virtudes sinceras e heroicas respeitadas e prodigiosamente engrandecidas. A primeira obra da literatura dramática galega chamava-se “Entremés famoso sobre a pesca do rio Miño”. Na peça, o português, fidalgote fanfarrão e pretensioso, acabava derrotado e morto pelos labregos raianos, que disputavam a pesca no rio Minho. Hoje, passados mais de trezentos anos, resolvemos responder com este “Entremezes”, onde aproveitamos para refletir sobre as fronteiras e as nacionalidades."

Mais informação em teatrodasbeiras.pt

  • Texto, encenação e cenografia: José Carretas Figurinos: Margarida Wellenkamp 
  • Música: Telmo Marques 
  • Desenho de luz: Hâmbar de Sousa 
  • Interpretação: Fernando Landeira, Hâmbar de Sousa, Sílvia Morais, Susana Gouveia e Tiago Moreira