Ouvir
Tarde - Antena 1
Em Direto
Tarde - Antena 1

Apoios

InArt – Community Arts Festival

De 2 a 11 de junho em Lisboa

|

InArt – Community Arts Festival

Inícia a 2 de Junho com o Seminário na Fundação Portuguesa das Comunicações e estende-se ao Teatro São Luiz, de 6 a 11 de Junho, com espectáculos, filmes, conversas, workshops e masterclasses.

No ano de celebração do 10º aniversário da CiM - Companhia de Dança, a Vo’Arte, em sintonia com a Associação Cultural CiM, vem reforçar a sua identidade artística através da pesquisa centrada na complexidade do gesto e da criação singular. Esta edição do InArt celebra 10 anos de trabalho, de crescimento, de transformações experimentadas no palco, na plateia, nos bastidores e na vida.

O InArt começa com o Seminário na Fundação Portuguesa das Comunicações a 2 de Junho. Este momento conta com 14 oradores e moderadores nacionais e estrangeiros, especialistas nos 7 temas em debate – qualidade artística e sustentabilidade dos projectos, políticas culturais para a inclusão, experiências inclusivas e comunitárias e comunicação acessível.



De 6 a 11 de Junho, o InArt muda-se para o Teatro São Luiz, epicentro do festival, com um programa que reflecte e destaca o trabalho de artistas que desafiam o convencional através da narrativa e do conteúdo. Serão quatro espectáculos em estreia nacional e absoluta, e um ciclo de três filmes e conversas com os realizadores, entre os quais Jorge Pelicano com o filme Pára-me de repente o pensamento.

O InArt - Community Arts Festival pretende investigar e analisar novas estratégias de trabalho e interacção de pessoas com deficiência e outras comunidades com menos hipóteses de participação e contacto com as diversas formas de expressão artística. Quatro workshops participativos de dança e cinema inclusivo e um site specific com Robbie Synge e Julie Cleves promovem encontros entre as diferentes comunidades e gerações.

O principal objectivo do InArt é promover e divulgar as artes como forma de trabalho pedagógico, ocupacional e de integração social, sensibilizando profissionais que intervêm com pessoas com deficiência, e outras comunidades, para a importância das artes como ferramenta de combate à exclusão social.