Ouvir
Programa da Manhã
Em Direto
Programa da Manhã Com José Carlos Trindade

Apoios

Maria Anadon na Antena 1

Dia 4 de Março às 23h

|

Maria Anadon na Antena 1

Maria Anadon esteve, no passado dia 5 de Março (23h), na Noite da Antena 1 para conversar com Jorge Afonso e cantar três canções.




Maria Anadon - These Foolish Things

Maria Anadon (voz) e Victor Zamora (piano) iniciaram em 2003 um trabalho conjunto em torno das suas raízes musicais, procurando sempre a diversificação de estilos. Como em qualquer projecto e após a maturidade do mesmo, sentimos necessidade de alargar o conceito integrando Nelson Cascais (Contra-Baixo), Joel Silva (Bateria) e Gonçalo Sousa (Harmónica) aliando assim, a recriação de velhos, mas sempre renovados standarts com cores diferentes de sabor latino.
Nos seus espectáculos, sensualidade, doçura e sofisticação alinham-se numa harmonia perfeita, num misto de elegância e provocação.

  • Maria Anadon - Voz
  • Victor Zamora – Piano
  • Nelson Cascais - Contrabaixo
  • Gonçalo Sousa –Harmónica
  • Joel Silva – Bateria

O ardente Jazz das caves de Lisboa

"Concerto com Maria Anadon e seu quarteto, ponto alto da semana festiva na Kulturwerkstatt de Paderborn (Alemanha).
Paderborn - Os 30 anos de existência da instituição Oficina de Cultura - Kulturwerkstatt“ - de Paderborn foram festejados durante 6 dias. Ponto alto dos festejos foi certamente o concerto da cantora portuguesa Maria Anadon, com o seu quarteto de Jazz latino, no Sábado, no café local.
Convidada pelo Club de Jazz de Paderborn e pela Associação cultural „Os Lusitanos“, a cantora de Jazz de puro sangue deixou vislumbrar no seu primeiro concerto na Alemanha algo da atmosfera existente no cenário de Jazz de Lisboa.
Antes de ela ocupar o palco com a sua voz sonora e vital, os três músicos que a acompanhavam, começaram a preparar o público para uma noite de Jazz profissional. O chefe do trio instrumental é o pianista cubano Victor Zamora que, com o seu constante, rítmico e acentuado jeito de tocar o piano, garante, de forma contínua, a estrutura de apoio melódico da canção.
As suas introdutórias sequências tonais permanecem ao mesmo tempo decentes e expressivas, mas presentes em segundo plano, enquanto o baterista Joel Silva marca o ritmo de forma acentuada e subtil - em geral de forma não espectacular, mas com batidas cuidadosamente acentuadas das suas varas de percussão e suas vassouras giratórias.
O terceiro do grupo é Nelson Cascais, considerado um dos mais procurados baixistas portugueses do Jazz. Incansável, ele desliza as suas claramente dedilhadas linhas básicas, pelo braço do seu Contrabaixo. Dele retira sons de Swing e de Groove, para deleite de seus ouvintes.
Maria Anadon utiliza esta variável estrutura musical para fazer excursões pelo Jazz clássico, passando por títulos melancólicos do Swing, chegando até às formas latinas, com um sabor de folclore e cheias de temperamento.
Então ela vira a Diva do Jazz, que não canta só simplesmente as suas canções, mas também as interpreta com gestos e mímica. Quem a ouve cantar o título „What A Difference A Day Makes“ fica logo convencido de que o Amor transforma um dia normal em algo de especial. Isso é recompensado com contínuos aplausos de agradecimento."


Tradução de Manuel Campos
Frankfurt/Alemanha