Ouvir
O Amor é (Fim de Semana)
Em Direto
O Amor é (Fim de Semana) Com Júlio Machado vaz e Inês Menezes

Concertos

A Orquestra Clássica do Centro e a Pensão Flor

15 de junho na Casa da Música.

|

A Orquestra Clássica do Centro e a Pensão Flor

A Orquestra Clássica do Centro e a Pensão Flor apresentam o seu trabalho conjunto num espectáculo onde fazem uma viagem pelos dois discos editados pela Pensão Flor (O caso da Pensão Flor e Sul).

Com cerca de 40 músicos em palco, este concerto evidencia a procura de um crescimento cultural e musical diferenciado e singular que potencia a captação e criação de novos públicos.

  • Concerto na Casa da Música (Porto) - 15 de junho - com o apoio da Antena 1!



A Orquestra Clássida do Centro

Apresentou-se pela primeira vez, enquanto orquestra profissional, em Dezembro de 2001, na altura com 25 elementos e com a denominação de Orquestra de Câmara de Coimbra. Considerada de superior interesse cultural pelo Ministério da Cultura, a OCC encontra-se abrangida, desde então, pela Lei do Mecenato Cultural (actual Estatuto dos Benefícios Fiscais). Em 2002, passou a ser composta por 32 elementos, sendo esta a sua actual constituição. Já em 2004, viu aprovada por unanimidade, em Assembleia-Geral, a alteração do nome para Orquestra Clássica do Centro.

Pensão Flor

A história dos Pensão Flor começou absolutamente por acaso e junta... duas guitarras portuguesas. Tiago Curado de Almei da – actualmente arquitecto, para além de mentor dos Pensão Flor – começou muito novo a ter aulas de guitarra portuguesa com Manuel Portugal. Mas durante alguns anos trocou-a pela guitarra clássica e por outras músicas que não a sonoridade característica do fado de Coimbra, a sua cidade. Em 2012, porém, Tiago foi convidado por Manuel Portugal a participar numa homenagem a António Portugal, mítico guitarrista de Coimbra e pai de Manuel. Tiago respondeu à chamada e a cumplicidade entre os dois foi retomada. Uma cumplicidade que cresceu de forma exponencial e criativa quando Tiago – que nunca tivera uma banda ou pensara sequer em vir a compor música ou escrever letras para canções – compôs, fruto das agruras e mágoas do amor, a sua primeira canção: “Entrega”. A semente dos Pensão Flor estava definitivamente lançada, muito mais canções nasceram e ao núcleo fundador dos Pensão Flor juntaram-se músicos oriundos de algumas das instituições musicais mais respeitadas da cidade como o GEFAC, a Brigada Victor Jara, os WrayGunn ou os Belle Chase Hotel: Vânia Couto, Luís Pedro Madeira, Luís Garção Nunes, Pedro Lopes e Gonçalo Leonardo. Foi com eles que Tiago e Manuel gravaram “O Caso da Pensão Flor” (2013), uma fantasia musical que tinha como protagonistas os hóspedes desta hospedaria.