Ouvir
José Candeias
Em Direto
José Candeias

Concertos

Luísa Sobral apresenta "Rosa" ao vivo!

Apoio Antena 1

|

Luísa Sobral apresenta Rosa ao vivo!
  • 08 FEV: COIMBRA
  • 09 FEV: PORTO Casa da Música
  • 14 FEV: SETÚBAL Festival Montepio às vezes o amor
  • 22 FEV: LISBOA Teatro Tivoli BBVA
  • 09 MAR: CASTELO BRANCO Cine-Teatro Avenida
  • 15 MAR: ÍLHAVO Casa da Cultura
  • 23 MAR: CALDAS DA RAINHA CCC
  • 06 ABR: CASTELLÓN Auditorio y Palacio de Congresos
  • 09 ABR: MADRID Teatro Cofidis Alcázar
  • 11 ABR: BARCELONA GuitarBCN, Luz de Gas

As histórias de ‘Rosa’ começarão a ser desvendadas ao vivo no dia 8 de Fevereiro em Coimbra, subindo no dia seguinte, a 9, até à Casa da Música no Porto. 
Luísa Sobral celebrará o Dia dos Namorados, dia 14, em Setúbal, no Fórum Municipal Luisa Todi, inserida no Festival Montepio às vezes o amor. O dia 22 de Fevereiro está reservado para a apresentação em Lisboa, no Teatro Tivoli BBVA. Em Março ‘Rosa’ subirá ao palco do Cine-Teatro Avenida em Castelo Branco no dia 9, da Casa da Cultura em Ílhavo no dia 15 e do Centro Cultural e Congressos de Caldas da Rainha no dia 23.
Luísa Sobral viajará até Espanha em Abril: Castellón dia 6, Madrid, dia 9 no Teatro Cofidis Alcázar e a presença no festival GuitarBCN no dia 11 em Barcelona são alguns dos concertos já confirmados.


Para apresentar o novo trabalho, Luísa será acompanhada em palco por uma formação nova. A seu lado terá Manuel Rocha nas guitarras e um trio de sopros formado por Sérgio Charrinho no fliscorne, Angelo Caleira na trompa e Gil Gonçalves na tuba.
‘Rosa’, o novo álbum de Luísa Sobral, teve entrada direta para o 4.º lugar da tabela nacional de vendas. Editado no passado dia 9 de novembro, foi produzido pelo catalão Raül Refree (Raul Fernandez Miró), produtor de nomes como Mala Rodriguez, Silvia Pèrez Cruz e Rosalía e tem como single de apresentação o tema ‘O Melhor Presente’. Para além da voz e guitarra, Luísa e o seu produtor privilegiaram instrumentos clássicos: um trio de sopros e percussão como marimba e tímpanos. A beleza das composições é realçada pelo despojamento dos arranjos e pela cumplicidade criativa entre Luísa e Refree. O resultado é 'Rosa', o álbum mais pessoal, maduro e intimista de Luísa Sobral.