Ouvir
Especial Desporto - Taça de Portugal
Em Direto
Especial Desporto - Taça de Portugal Alverca - Sporting

Concertos

Pedro Mestre ao vivo|

Teatro Tivoli BBVA | 29 Outubro, 21h30

|

Pedro Mestre ao vivo|

Como um dos grandes impulsionadores e embaixadores da música e das tradições do Alentejo, Pedro Mestre apresenta a 29 de Outubro no Teatro TIVOLI BBVA "Mercado dos Amores" o seu mais recente trabalho.
Um concerto que evoca o mais belo Cante Alentejano e o genuíno toque da viola campaniça, que desde sempre acompanhou os cantes de improviso no Alentejo.
Há 25 anos a cantar a música tradicional do Alentejo, pioneiro do projecto de salvaguarda do Cante, fundador e ensaiador de corais alentejanos, Pedro Mestre é um dos principais responsáveis pelo surgimento de novas gerações na música tradicional do Alentejo, levando o Cante Coral alentejano para as Escolas, onde desde 2006 ensina a tradição.
Neste concerto, que se realiza no Teatro Tivoli BBVA, dia 29 de Outubro, Pedro Mestre apresenta temas inéditos, da sua autoria, assim como também temas do cancioneiro tradicional alentejano, que ganham aqui um novo fôlego com os vários convidados (FF, Hugo Osga, Celina da Piedade e Chico Lobo).

***

O Cante Alentejano já é Património Cultural e Imaterial da Humanidade. A decisão da UNESCO vai permitir salvaguardar e transmitir esta tradição a gerações vindouras, um trabalho a que o músico Pedro Mestre tem dedicado a sua vida. Há 25 anos a cantar a música tradicional do Alentejo, pioneiro do projeto de salvaguarda do Cante, fundador e ensaiador de corais alentejanos, Pedro Mestre é um dos principais responsáveis pelo surgimento de novas gerações na música tradicional do Alentejo, levando o Cante Coral alentejano para as Escolas, onde desde 2006 ensina a tradição a alunos do 1º ciclo, em várias escolas do Baixo Alentejo.
Paralelamente ao cante, Pedro Mestre tem trabalhado na preservação e salvaguarda da viola campaniça, instrumento tradicional do Alentejo. Aprendeu com os mestres tocadores a arte de construir e dedilhar esta peculiar viola de arame e, para além de a ensinar nas escolas, já levou este instrumento aos quatro cantos do mundo.


No álbum "Mercado dos Amores", Pedro Mestre recria uma realidade na vida do cante Alentejano e da viola Campaniça, que tiveram como palco as feiras e mercados da região. Lugares de encontro de poetas, trovadores e repentistas, homens do campo. Gente que ia à feira comprar e vender, mas também para se divertir, conviver, para dar e receber novidades, cantadas na roda do despique. Feiras e mercados onde se passeavam amores, num pé de dança ao som da viola Campaniça. Onde se aprendiam modas, que apareciam envoltas num copo de vinho.
"Mercado dos Amores" tenta fazer a ponte para outros palcos, outras realidades de hoje, de outras gerações a dedilhar a viola de arame do Alentejo, e a entoar as polifonias do Sul. Salienta-se deste logo pela escolha do título, uma aproximação à temática do amor, da paixão e da expressão sentimental do bem querer doa amantes, que se evidencia plasmada na singeleza da poesia muito ao estilo popular. Assim, conduzidos pela voz de Pedro Mestre, seguimos num percurso de ida e volta a um romantismo bucólico, acompanhado por sonoridades que muito bem se enleiam nos registos de expressões amorosas que o tempo levou, mas que é bom ficarem nas memórias.
"Mercado dos Amores" é composto por temas inéditos da autoria de Pedro Mestre e temas do cancioneiro tradicional alentejano.
Conta com a participação de vários músicos convidados; Ricardo Ribeiro, Celina da Piedade, FF, Lúcia Moniz, Rancho de Cantadores da aldeia Nova de São Bento, Grupo Coral do Povo de Reguengos de Monsaraz e etc... Neste "Mercado dos Amores", Pedro Mestre faz uso de todo o saber aprendido ao longo da vida, nas rodas dos cantos de improviso e nos grupos corais, onde buscou inspiração.