Ouvir
Noite - Antena 1
Em Direto
Noite - Antena 1

Discos

Camané - "Camané canta Marceneiro"

Edição dia 6 de Outubro

|

Camané - Camané canta Marceneiro

Dia 6 de Outubro o fadista Camané edita "Camané canta Marceneiro".
"A Casa da Marquinhas" (João Silva Tavares – Alfredo Marceneiro) foi o single de apresentação deste trabalho de homenagem a Alfredo Marceneiro.

Camané esteve no Programa da Manhã da Antena 1 onde conversou com António Macedo e cantou 2 cações do novo álbum:





Camané esteve também à conversa com Ana Sofia Carvalhêda:











Carlos do Carmo e Siza Vieira no novo disco de Camané


Com edição a 6 de Outubro, “Camané Canta Marceneiro”, conta com a participação especial de Carlos do Carmo e capa desenhada expressamente para o disco por Siza Vieira, o mais prestigiado dos arquitectos portugueses. Esta é a primeira vez que o arquitecto português desenha a capa de um disco.

A participação especial de Carlos do Carmo no espantoso dueto com Camané em “A Lucinda Camareira”, está registada tanto na gravação de estúdio quanto no DVD gravado ao vivo no palco da Culturgest (perante uma assistência de 100 pessoas), incluído na edição especial. Assinale-se ainda que este é o primeiro dueto que Camané regista num dos seus discos.

“Camané Canta Marceneiro”, cujo alinhamento é revelado abaixo, concretiza uma vontade antiga de Camané em realizar uma homenagem a uma das suas maiores referências. “Queria entrar naqueles fados de forma verdadeira, sem imitar o Marceneiro. Mas tive primeiro de fazer o meu caminho. De criar o meu repertório. Só agora chegou o momento em que me consigo identificar tanto com os sentimentos vividos, como com os acontecimentos passados.”

Sucessor de “Infinito Presente”, editado em Maio de 2015, “Camané canta Marceneiro”, o seu oitavo registo de estúdio, conta, como os discos anteriores, com a produção, arranjos e direcção musical de José Mário Branco que co-assina com Manuela de Freitas a supervisão artística.


Alinhamento:

1. Cabaré
(Henrique Rêgo/ Alfredo Marceneiro – Fado Cabaré)
2. Quadras Soltas
(Henrique Rêgo/ Francisco Viana – Fado Vianinha)
3. Bêbado Pintor
(Henrique Rêgo/ Alfredo Marceneiro – Fado Laranjeira)
4. Olhos Fatais
(Armando Neves/ Alfredo Marceneiro – Fado Bailado)
5. Senhora do Monte
(Gabriel de Oliveira/ Alfredo Marceneiro)
6. Ironia
(Armando Neves/ Alfredo Marceneiro – Fado Louco)
7. O Louco
(Henrique Rêgo/ Alfredo Marceneiro – Fado Menor)
8. A Lucinda Camareira com Carlos do Carmo
(Henrique Rêgo/ Henrique Rêgo e Alfredo Marceneiro – Fado Bailarico)
9. Mocita dos Caracóis
(João Linhares Barbosa/ Alfredo Marceneiro)
10. Empate Dois a Dois
(Carlos Conde/ Alfredo Marceneiro)
11. O Remorso
(João Linhares Barbosa/ Alfredo Marceneiro – Marcha do Marceneiro)
12. Despedida
(Carlos Conde/ Alfredo Marceneiro – Fado Cravo)
13. A Casa da Mariquinhas
(João Silva Tavares/ Alfredo Marceneiro)
14. Lembro-me de ti
(João Linhares Barbosa/ Alfredo Marceneiro)
15. O Pajem
(Fernando Teles/ Alfredo Marceneiro – Fado Pagem)