Ouvir
Tarde - Antena 1
Em Direto
Tarde - Antena 1

Discos

Sérgio Godinho - "Nação Valente" nos Coliseus

Em Fevereiro: Lisboa 22 | Porto 28

|

Sérgio Godinho - Nação Valente nos Coliseus

Sérgio Godinho regressa aos Coliseus em Fevereiro de 2019, cerca de um ano depois de ter editado o seu aclamado 18.º álbum da carreira, "Nação Valente". Este que foi o primeiro álbum de originais do "escritor de canções" em sete anos vê agora uma nova edição, com um segundo CD gravado em concerto com as participações especiais de Márcia e David Fonseca.

Alguns dos melhores momentos da tour que arrancou no em Fevereiro deste ano foram captados para esta reedição e a participação deste dois artistas justificada pela sua colaboração em "Nação Valente": David Fonseca compondo a música e dando voz aos coros daquele que viria a ser o 1.º single, "Grão da Mesma Mó" e Márcia porque Godinho a canta na única versão que apresenta neste álbum, com o tema "Delicado".

Esta será uma edição limitada na sua versão física. Para além de canções de “Nação Valente”, este CD extra inclui ainda temas menos recentes como “À Vezes o Amor”, interpretado por Márcia, ou “Balada da Rita”, em parceria com David Fonseca.

Os concertos nos Coliseus de Lisboa e do Porto, a 22 e 28 de Fevereiro respectivamente, serão o culminar de um regresso sobejamente aclamado às canções, às crónicas do dia a dia, com que nos dá o sempre o prazer de escutar.

"Nação Valente" teve a produção de Nuno Rafael, um dos seus habituais "assessores", e conta com a partilha na composição das canções com alguns dos nomes que Sérgio Godinho mais respeita da música nacional. Falamos de nomes como o já referido David Fonseca, Filipe Raposo, Hélder Gonçalves, Pedro da Silva Martins ou um velho companheiro, José Mário Branco. "Nação Valente" tem a ainda a colaboração do "multidisciplinar" Filipe Melo que soma à sua participação enquanto músico, os (memoráveis) arranjos para cordas e sopros.

**********



“Nação Valente” traz-nos de volta ao conforto e inquietação que Sérgio Godinho nos tem proporcionado ao longo da sua carreira. Mas transporta-nos ainda para territórios poéticos e musicais de alguma forma inéditos na obra do cantautor e que ilustrarão, seguramente, os seus futuros “best of” - um conjunto de temas que pode muito bem representar aquele que tem sido o “nosso” quotidiano na presente década.

“Nação Valente” chega às lojas no próximo dia 26 mas já pode ser encomendado no iTunes. Os concertos de apresentação em Lisboa e Porto terão lugar dias 23 e 24 de Fevereiro no Capitólio e 3 e 4 de março na Casa da Música estando os bilhetes disponíveis a partir de hoje nas salas e locais habituais.

Sucessor do galardoado e muito aplaudido “Mútuo Consentimento”, “Nação Valente”, o 18.º álbum de estúdio, quebra os sete anos que Sérgio Godinho esteve sem gravar novas canções. Sete anos sem gravar, mas não de silêncio, nem sem editar. Em 2013, edita “Caríssimas Canções”; em 2014 “Liberdade”; e em 2015, com Jorge Palma, edita “Juntos Ao Vivo No Theatro Circo””, disco que recentemente recebeu o Galardão de Ouro. Entre a música, Sérgio Godinho apropria-se do sobrenome de contador de histórias e lança-se na edição, primeiro de um livro de contos, “Vida Dupla” (2014), depois o seu primeiro romance, “Coração Mais que Perfeito” (2017).

Este é, portanto, um regresso muito desejado. “Nação Valente” tem produção de Nuno Rafael, um dos seus habituais “assessores”, e conta com a partilha na composição das canções com alguns dos nomes que Sérgio Godinho mais respeita da música nacional. Falamos de nomes como David Fonseca, Filipe Raposo, Hélder Gonçalves, Pedro da Silva Martins ou um velho companheiro, José Mário Branco. Márcia é outro dos nomes que aparece aqui, por ter o único tema no disco para o qual Sérgio Godinho faz uma versão. “Nação Valente” tem a ainda a colaboração do “multidisciplinar” Filipe Melo que soma à sua participação enquanto músico, os (memoráveis) arranjos para cordas e sopros.

Para a divulgação das novas canções, Sérgio Godinho convidou o jovem realizador Afonso Mota para a concepção de 10 vídeos que serão publicados periodicamente até à data da chegada às lojas de “Nação Valente”. O primeiro tema a ser revelado é “Tipo Contrafacção”:



ALINHAMENTO:

01 – GRÃO DA MESMA MÓ (Letra: Sérgio Godinho; Música: David Fonseca)
02 – ARTESANATO (Letra: Sérgio Godinho; Música: Hélder Gonçalves)
03 – BARALHO DE CARTAS (Letra e música: Sérgio Godinho)
04 – NAÇÃO VALENTE (Letra: Sérgio Godinho; Música: Hélder Gonçalves)
05 – MARIANA PAIS, 21 ANOS (Letra: Sérgio Godinho; Música: José Mário Branco)
06 – TIPO CONTRAFACÇÃO (Letra: Sérgio Godinho; Música: Nuno Rafael)
07– NOITES DE MACAU (Letra e música: Sérgio Godinho)
08 – DELICADO (Letra e música: Márcia; Arranjo: Nuno Rafael)
09 – NOITE E DIA (Letra: Sérgio Godinho; Música: Filipe Raposo)
10 - ATÉ JÁ, ATÉ JÁ (Letra: Sérgio Godinho; Música: Pedro da Silva Martins)