Ouvir
Os Dias do Futuro
Em Direto
Os Dias do Futuro Com Edgar Canelas

masterclass

Pedro Vicente

Lisboa

|

Pedro Vicente

PERFIL

Nome: Pedro Vicente
Localidade:
Lisboa
Letras: Vida no Rossio / Nossa Rua



LETRAS

Vida no Rossio 

Quando a vida pega na caneta pra escrever
Quando a vida abre um olhar que não quer ver 
Quando a vida segue um caminho que é só dela
Quando a vida fecha a porta e abre uma janela

Quando a vida escolhe as pessoas que há no mundo
Quando vida puxa uma mão para ajudar
Quando a vida muda a sua história num segundo
Quando a vida quer ela sabe onde encontrar

Sei que não posso esperar mais
Que na vida há dos tais, que nunca estendem a mão
Sei que não posso deixar frio
Este rosto do Rossio, que é da minha obrigação

Quando a vida perde meia hora num minuto
Quando a vida parte sem rumo pra navegar
Quando a vida escuta um silêncio absoluto
Quando a vida encontra um lugar para ficar

Quando a vida sonha mesmo se está acordada
Quando a vida diz ao coração para parar
Quando a vida ama nunca se vá terminada
Quando a vida canta senta um pouco a descansar

Quando a vida nasce ainda vem devagarinho
Quando a vida cresce sem parar para pensar
Quando a vida sente e me trata com carinho
Quando a vida morre, nasce em um novo lugar.

Nossa Rua

Às vezes nesta rua acontecem coisas tão diferentes,
Que os vidros da janela já transpiram de tanto olhar
Às vezes nesta rua os corações ficam intermitentes,
Que os vidros da janela embaciem praSe 'apalxônar.

Às vezes é preciso parar e voltar atrás
Subir ao segundo andar e acordar a paz.
Às vezes é preciso a luz ou a tua mão
Às vezes basta apertar contra o cora...

Que a vizinhança acorde com os agudo pela madrugada,
Às vezes o ar or não fala só a sussurrar
Que a voz de uma pab(ão soe mais forte que a porta fechada,
Às vezes quase sempre é impossível parar de cantar.

Às vezes é preciso parar e voltar atrás,
Subir ao segundo andar e acordar a paz.
Às vezes é preciso a luz ou a tua mão,
Às vezes basta apertar contra o coração
Que bate e às vezes não
Bate o coração
Que bateàs vezes não
Bate o coração
Que bate, e às vezes não... 
Bate o coração
Que bate e às vezes não... 
Bate o coração!