Ouvir
A cena do ódio
Em Direto
A cena do ódio Um programa de David Ferreira

Os Dias da Rádio

Carmen Dolores (1924 - 2021)

|

Carmen Dolores (1924 - 2021)

Carmen Dolores

Com uma versátil carreira artística ligada à Poesia, ao Teatro, à Rádio, ao Cinema e à Televisão, Carmen Dolores ganhou ao longo da sua carreira diversos prémios e distinções como a Medalha de Mérito Cultural ou o grau de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

Carmen Dolores (n1924)

Deu-se a conhecer através da rádio onde se iniciou aos 12 anos. Aos 19 anos estreia-se no cinema, como protagonista de Amor de Perdição (1943), adaptação de António Lopes Ribeiro do romance de Camilo Castelo Branco. Seguir-se-á Um Homem às Direitas (1945) de Jorge Brum do Canto, A Vizinha do Lado (1945) de Lopes Ribeiro e Camões (1946) de Jorge Leitão de Barros.
Aparece no teatro em 1945, integrada na Companhia Os Comediantes de Lisboa, sediada no Teatro da Trindade, depois foi somando sucessos. Casou em 1947 e em 1951 passou para o palco do Teatro Nacional de D. Maria II, sob a direcção de Amélia Rey Colaço, com diversos sucessos de que se salienta Frei Luís de Sousa de Almeida Garrett. Em 1959 ganhou o Prémio de Melhor Actriz na peça Seis personagens à procura de um autor, de Pirandello. Criou, com outros actores, o Teatro Moderno de Lisboa, no palco do Império, tendo desenvolvido um projecto que levou à cena novas encenações de peças de autores consagrados como Dostoievski, Shakespeare, Strindberg ou José Cardoso Pires."

Fonte: Wikipedia


Multimédia: