Ouvir
Crónicas da Idade Mídia
Em Direto
Crónicas da Idade Mídia Um programa de Ruben de Carvalho com Iolanda Ferreira

Os Dias da Rádio

DIA MUNDIAL DA RÁDIO

Dia 13 de Fevereiro

|

DIA MUNDIAL DA RÁDIO

A Rádio e o Desporto é o tema deste ano do Dia Mundial da Rádio.


DIA MUNDIAL DA RÁDIO

Desde 2012 que é comemorado oficialmente o 13 de Fevereiro como Dia Mundial da Rádio. A data escolhida pela UNESCO para a comemoração coincide com o dia em que em 1946 a Radio ONU foi estabelecida numa resolução das Nações Unidas.
Começou a transmitir desde a sede na Nações Unidas em Nova Iorque, em onda curta para o resto do mundo. Noticiários e programas com cinco línguas oficiais da ONU - Chinês, Inglês, Francês, Russo e Espanhol - durante 9 a 12 horas por dia.
A Rádio mesmo após o aparecimento da televisão manteve-se firme como meio de escuta ao longo de várias gerações, mantendo-se como um meio de contacto regular e permanente, mesmo numa época onde desde há 20 anos a internet foi tomando posição como plataforma de divulgação artística, cultural, educacional e informativa.
A rádio adaptou-se no tempo. As novas tecnologias e equipamentos foram integrados. A  mobilidade, criatividade e interatividade que as novas plataformas introduziram no ambiente digital, não são senão a mesma lógica e ADN que a rádio sempre posicionou.
A Rádio como plataforma de debate e comunicação, promoção cultural ou de informação em situações de emergência social. Uma plataforma para divulgar artistas, talentos, factos e histórias.



A RÁDIO EM PORTUGAL. Você Sabia que ...

* Em Portugal, 4 milhões e 900 mil pessoas escutam em média por dia, Rádio. São 2 milhões e 600 mil homens, 2 milhões e 300 mil mulheres. Fazem-no em média por mais de 3 horas, todos os dias. 65 % dos homens ouvem rádio numa base diária, tal como 50% das mulheres.

* A audiência rádio em Portugal compreende diariamente cerca de ...
  • 700 mil jovens até aos 24 anos.
  • 2 Milhões e 100 mil ouvintes adultos entre os 24 e os 44 anos.
  • 1 Milhão e meio entre os 45 e os 64 anos.
  • 600 mil ouvintes com mais de 64 anos.
* Mas se diariamente 4,9 Milhões de portugueses escutam rádio, o alcançe de contacto a cada semana é maior. Ao longo de 7 dias, em Portugal, perto de 6 Milhões e 800 Mil pessoas, têm contacto com o Meio Rádio.

Fonte: Marktest 2014

RÁDIO EM NOVAS PLATAFORMAS EM PORTUGAL

  • Cerca de 42% dos indivíduos com menos de 35 anos dizem ouvir Rádio na Internet, assim como 45% dos estudantes ou 41% dos quadros médios e superiores. 
Fonte: Marktest 2014
  • Ainda sobre a utilização da Internet para a escuta de rádio, o estudo quantifica ainda em 1 Milhão 333 mil, os indivíduos que referiram ter ouvido rádio nos últimos 30 dias através da Internet. 900 mil os que disseram tê-lo feito nos últimos 7 dias e 324 mil os que confirmaram ter ouvido rádio online na véspera.
Fonte: Marktest 2014
  • De acordo com os resultados do último ano, 1,3 Milhões de portugueses dizem costumar ouvir rádio através do telemóvel, um número que representa 15.0% do universo em análise. A idade surge como a variável que apresenta mais diferenças de comportamento. Os jovens dos 15 aos 24 anos são os que possuem maior afinidade com este hábito, comum a 37.9% deles (42,6% dos estudantes). Os valores baixam para um mínimo de 1.2% junto dos indivíduos com mais de 64 anos.
Fonte: Bareme Radio Marktest 2011


 

 ÁFRICA, ÁSIA, AMÉRICA. O IMPACTO DA RÁDIO 

Você sabia que ... ?

• Pelo menos 75% dos lares nos países em desenvolvimento têm acesso a um rádio. Fonte: EFA Global Monitoring Report, 2012

• Existem cerca de 44.000 estações de rádio em todo o mundo.
Fonte: The World Factbook, da Agência Central de Inteligência 2010.

• O Meio Rádio é escutado por uma variedade de influenciadores de decisão entre os 25 e os 54 anos. Muitos deles fazem-no na companhia dos filhos e cônjuges. Fonte: Arbitron 2012

• Alertas SMS semanais enviados para os telemóveis dos ouvintes, 30 minutos antes de uma transmissão pode aumentar a audiência em quase 20%. Fonte: Como as TIC estão a mudar a Rádio Rural em África (Bartholomew Sullivan), Farm Radio International, 2011 

• A plataforma de transmissão utilizada pelo canal de rádio é na maior parte terrestre, não importa o nível de desenvolvimento do país. 37 de 51 países (73%), pesquisados pela UIS, possuem canais de rádio disponíveis através desta plataforma, com percentagens de 100% em 18 desses países. Fonte: Instituto de Estatística da UNESCO (UIS)

• 25 de 51 países em estudo (49%) possuem canais de rádio disponíveis em plataforma combinada, enquanto 13% estão disponíveis na TV Cabo e apenas 8% só por satélite. Fonte: Instituto de Estatística da UNESCO (UIS)

• Em 11 países pesquisados em toda a África, a rádio privada local cresceu numa média de 360% entre 2000 e 2006, ao passo que a rádio comunitária cresceu de modo impressionante em 1386% em relação ao mesmo período. Fonte: As dores de crescimento de Rádio Comunitária em África (Peter da Costa), Glocal Times, A Comunicação para o Desenvolvimento Journal, 2012,

• Para a maioria dos ouvintes no Quénia, a coisa mais popular que aprenderam com a rádio é política, com 21% indicando-a como a maior aprendizagem tida. Fonte: Jornal Internacional de Negócios e Ciências Sociais, 2012,

• A Radio na Tanzânia tornou-se mais interativa com o tempo, com programas de participação de comentário e debate. 76% dos ouvintes de rádio ouviam programas de call-in, mas apenas 5% tinham realmente participado nos últimos 12 meses. 83% dos tanzanianos disseram obter notícias e informação via rádio. Fonte: Intermedia de 2011. Tanzânia Audience Scapes website.

• A rádio é o meio mais acessível e utilizado na Zâmbia. O acesso a rádio e televisão em áreas urbanas é aproximadamente igual (85% na rádio, 79% para TV), enquanto na área rural a diferença é mais significativa (68% para o rádio, 26% para a TV). Fonte: Intermedia, 2011. Mass Media na Zâmbia,

• Uma característica fundamental do uso do telemóvel em Africa é a sua convergência com a escuta de rádio. Entre os usuários de telemóveis na Zâmbia, 33% disseram ouvir rádio através do aparelho todas as semanas e 25% disseram que ouvem diariamente. Ao contrário do uso de internet móvel, a escuta de rádio é mais uniformemente distribuída entre os usuários urbanos e rurais. Fonte: Intermedia, 2010. Comunicações Móveis em Zâmbia,

• O número total de estações de rádio comunitárias na América Latina é perto de 10.000, com o Peru a ter a maior proporção, Equador, Bolívia e Brasil em segundo, terceiro e quarto lugares. Se as estações não licenciados também forem levadas em conta, os números globais são muito mais elevados. A Unesco revelou recentemente que, só no Brasil, existem mais de 10.000 estações de rádio comunitárias ainda à espera de licenciamento. Fonte: Vozes do Villages: Rádio Comunitária no mundo em desenvolvimento. CIMA, 2011,

• O mercado de rádio no Brasil é o segundo maior das Américas, atrás dos Estados Unidos. Em dados do final da década passada, a rádio chega a 88% dos lares, 80% dos carros em circulação e a 36% dos telefones móveis. Fonte: Rádio Digital no Brasil: análise de um debate inacabado (Carlos Eduardo Esch, Nélia del Bianco), Rádio evolução: actas de conferências da Universidade do Minho, Comunicação e Centro de Pesquisa Sociedade, 2012,

• No Sudeste Asiático, a Tailândia lidera com cerca de 5.000 estações, muitas a operar sem licença. Na Indonésia a rádio também é popular, muito embora o seu número seja bem mais reduzido. Fonte: Infoasaid 2012

• A Radio é o canal mais confiável para a distribuição de notícias e entretenimento no interior rural das Filipinas, onde as montanhas, muitas vezes impedem os sinais de TV. De acordo com a Comissão Nacional para a Cultura e as Artes, a rádio atinge 85% dos domicílios do país, enquanto a televisão atinge pouco menos de 60%.
Fonte: Filipinas: mídia e telecomunicações guia paisagem. Infoasaid, 2012


• Na Rússia enquanto as audiências de imprensa tradicional decresceu na última década, o único mídia tradicional que cresceu desde 2008, cerca de 4% (ganhando cerca de 2,5 milhões de ouvintes) foi a rádio. Fonte: Mapeamento de mídia digital: Rússia, Open Society Foundations, Open Society Programa Media, 2012,

• Radio atinge mais de 95% da população mundial. A população mundial já ultrapassou 7 bilhões de pessoas. Mais de metade deste valor tem idade inferior a 30. Dadas as estatísticas, vale a pena fazer as contas e começar a fornecer mais emissões para jovens e feitas por jovens.