Ouvir
José Candeias
Em Direto
José Candeias

Os Dias da Rádio

Museu do Fado celebra 20 anos

Foi há 20 anos que o Museu do Fado abriu

|

Museu do Fado celebra 20 anos

Foi há 20 anos que o Museu do Fado abriu. Um dos maiores patrimónios culturais do nosso país viu finalmente uma casa só para si. E, desde então, o Museu do Fado não parou de abrir as portas – aos lisboetas, sim, mas também aos portugueses de todo o país e aos visitantes de todo o mundo.

Foi há 20 anos e o Museu do Fado convida todos para a sua festa de aniversário - vários dias de comemorações à volta da canção de Lisboa que foi inscrita na Lista do Património Cultural Imaterial da Humanidade em Novembro de 2011. A 25 de Setembro de 1998, o Museu do Fado inaugurava para se tornar num verdadeiro centro cultural no centro de Alfama e criar uma verdadeira comunidade de amantes do fado de todas as idades.

Exposições, concertos, festivais, edições discográficas, um centro de documentação, workshops e cursos, oficinas pedagógicas, um arquivo online de gravações históricas, um auditório sempre em actividade – tudo isto e muito mais foi sendo construído ao longo de duas décadas, bem no centro da Lisboa Antiga que tantos fadistas cantaram.

Entre 23 e 27 de Novembro, a História do Fado será contada num espectáculo de “video-mapping” projectado na fachada do Museu três vezes por noite – às 20h30, 21h e 21h30 - com participações de Mariza, Camané, Carlos do Carmo e José Manuel Neto. Também a 23 de Novembro, inaugura uma exposição – patente até 31 de Dezembro – sobre uma das mais extraordinárias fadistas de sempre, Maria Teresa de Noronha, cujo centenário do nascimento se comemora em 2018.

A 24 Novembro, às 21h00, o Pequeno Auditório do CCB recebe, no âmbito do ciclo Há Fado no Cais, co-produzido pelo Museu do Fado e com o apoio da Antena1, o concerto de apresentação do primeiro disco de Gaspar, jovem talento da guitarra portuguesa. Bisneto de Celeste Rodrigues e “afilhado” de Paulo Parreira, com apenas 15 anos de idade Gaspar lança o seu primeiro álbum, também pela Museu do Fado Discos.

A Dra. Sara Pereira, diretora do Museu, foi quem acompanhou a #Antena1 por um dos espaços onde estão presentes algumas das mais emblemáticas peças ligadas a este estilo musical, que foi considerado Património Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO, em 2011.