Ouvir
Império dos Sentidos
Em Direto
Império dos Sentidos Paulo Alves Guerra / Produção: Ana Paula Ferreira

Videos

Anima del Settecento | 26 Outubro | 19h00

Museu Nacional de Arte Antiga

|

Anima del Settecento | 26 Outubro | 19h00 Anima del Settecento | 26 Outubro | 19h00

© Jorge Carmona / Antena 2


Temporada Concertos Antena 2

26 Outubro | 19h00


Auditório do 

Anima del Settecento 

Ana Paula Russo, Ariana Moutinho Russo e Carlos Gutkin


Ana Paula Russo, soprano
Ariana Moutinho Russo, soprano
Carlos Gutkin, guitarra





Programa

John Dowland (1563-1626) - Come again
  - Awake, sweet love
  - Fine Knacks for Ladies 


L. van Beethoven (1770-1827) - Adelaide 

Fernando Sor (1778-1839) - Cesa de tormentarme
- Muchacha y la verguenza
- Mis descuidados ojos
- Si dices que mis ojos 


Mauro Giuliani (1781-1829) - Quando sará quel dì 
  - Confuso, smarito 
  - Ad altro laccio 


W. A. Mozart (1756-1791) - Ridente la calma 

Franz Schubert (1797-1828) - Gretchen am Spinnrade 
    - Heidenröslein
    - An die Musik 

Modinhas e duetos de Salão
- Anónimo - Ganinha, minha ganinha (lundum) 
- José Totti - Solitario Bosco ombroso (cançoneta) 
- Leal Moreira - Os meus olhos e os teus olhos



A escolha de um programa com base em música do séc XVIII para voz e guitarra tem a ver com a oportunidade de trazer a público peças que se escutam pouco habitualmente... Mas que, à época, eram muito apreciadas e tocadas como música de salão.
A variedade, a riqueza rítmica e melódica, a inspiração e o cuidado harmónico dão a estas canções aqui apresentadas uma dimensão que, esperamos, seja sedutora e veicule sensibilidade poética. O fato de podermos escutar peças para duas vozes iguais tem também algo de apelativo e original.
Partimos do séc XVII na Inglaterra de Dowland, visitamos Espanha (Fernando Sor), Itália (Giuliani), Alemanha e Áustria (Mozart, Beethoven e Schubert) e Portugal (musica de Salão)




Transmissão direta
Apresentação: Pedro Ramos
Produção: Anabela Luís, Cristina do Carmo



Carlos Gutkin | Nasceu em Buenos Aires (Argentina). Tem realizado numerosos concertos como solista e em agrupamentos de câmara de diferentes composições: guitarra com voz, com flauta, em duos trios, e quartetos e atuado em diversas cidades de Cuba, Espanha e Portugal, participando em numerosos festivais e eventos. 
Formou com o flautista Jose Rui Fernandes o Duo Atlântico, realizando numerosos concertos em Portugal e Espanha sobre o tema: “Música e Compositores Ibero-americanos”, participando em 1998 na Cimeira Mundial do Tango de Lisboa, entre outros. Colaborou com o Teatro da Cornucópia na peça “O Casamento de Fígaro”, com música do compositor português João Madureira (em 1999). No ano 2000, com o Grupo Teatrova, formou parte do espectáculo Militango. 
Desde 1996 tem realizado numerosos concertos em duo com a soprano Ana Paula Russo, com vários programas diferentes, tendo ambos gravado um CD com o título «Melodia Sentimental» (lançado em 2005). Em 2009 lançou o CD «Jardins de Luz», com composições originais suas para guitarra a solo e com flauta onde colabora o flautista José Rui Fernandes.
Também em 2009 participou como guitarrista en numerosos concertos a solo e acompanhando diversos cantores inserido na programação do 1º Festival Internacionar da Música Espanhola e Latinoamericana (FIMEL), em Kansas, USA.



Ana Paula Russo | Nasceu em Beja. Tem o mestrado em Canto pela ESML, tendo também estudado em Salzburg e Luzern.
Tem já uma longa carreira como solista em Portugal e no estrangeiro, tendo atuado em inúmeros concertos de Lied, ópera e oratória.
Foi laureada em diversos concursos de Canto, tanto nacionais como internacionais.
Gravou programas para a rádio e televisão, assim como CDs de música erudita.
Como cantora convidada, e protagonista, tem atuado regularmente num elevado número de produções cénicas do Teatro Nacional de S. Carlos, de outras instituições relevantes em Portugal (Expo 98, Gulbenkian, CPO, ONP, etc.) e no estrangeiro (Festival de Macau, Teatro Real de Madrid, Lincoln Center de New York).
Em Abril de ’98 integrou o elenco que fez a estreia mundial da ópera “Os Dias Levantados” de A. Pinho Vargas, gravada posteriormente para a EMI.
Em 2004, 10º aniversário da morte do compositor, interpretou o soprano solista do Requiem de Lopes-Graça, versão editada em cd (2006).
Em 2005, com Carlos Gutkin, lançou o cd “Melodia Sentimental”, um percurso musical ibero-americano, com grande êxito em concertos em Portugal e Espanha.
Em 2008 integrou o elenco da estreia mundial da ópera “Evil Machines” da autoria de Terry Jones (Monthy Python), com música de Luis Tinoco.
Em 2009 gravou um cd de árias de ópera cantadas por Luisa Todi e outro com a “Missa Grande “ de Marcos Portugal. Em 2011 gravou para CD/DVD a estreia mundial da ópera “A Rainha Louca” de A. Delgado. Acaba de lançar o Cd “Homenagem a Artur Santos”.
É Professora de Canto na Escola de Música do Conservatório Nacional e na Academia de Música de Almada.



Ariana Moutinho Russo | Estudou no Instituto Gregoriano de Lisboa, tem o Curso de Canto do Conservatório Nacional, é licenciada em Canto pela Escola Superior de Música de Lisboa e Mestre em Ensino da Música (Canto) pelo Instituto Piaget. Em 2011/12 frequentou a Escola Superior de Musica de Karlsruhe (Alemanha), onde, entre outros, estudou com Donald Litaker. Participou em Masterclasses e Workshops com João Paulo Santos, Armando Vidal, Claire Vangelisti, João Lourenço, Isabel Alcobia, Susan McCullogh (Abingdon, Inglaterra), Orlanda Isidro (curso de Música Antiga da ESArt), Lúcia Mazzaria, Susan Waters e Tom Krause. Em 2015 teve uma bolsa atribuída pela Internationale Sommerakademie Universität Mozarteum para estudar em Salzburg com Helene Schneiderman
É membro do coro Gulbenkian desde 2008. Pertence ao grupo Officium com o qual tem realizado digressões em Portugal e no estrangeiro.
Como solista, cantou na Missa Brevis de Haydn (2009), o Requiem de Mozart (2012), o Sacred Concert de Duke Ellington (2012), a Missa em sol de Carlos Seixas (S. Carlos, 2012), Oratória de Natal de C. Saint-Säens, Cantata BWV 61 de J. S. Bach, Cantos de Natal de Fernando Lopes-Graça, O Achamento do Brasil e O Conquistador de Jorge Salgueiro, Stabat Mater de Pergolesi (Festival de Música Antiga de Castelo Novo), para além de diversos recitais a solo.
Estreou-se no papel de “2nd Woman” na ópera Dido e Eneias de Purcell, levada à cena no Salão Nobre do Teatro de S.Carlos (2009). Interpretou “O Fogo” na ópera L’enfant et les Sortiléges de Ravel e ainda o “Prince” (Cendrillon de Massenet), “Semele” (L’Egisto de Cavalli- Zezere Arts Festival, 2011) “Fillide” (Il sogno dello Zingano de A. Miro - S. Carlos, 2012) “Lisetta” (Il Mondo della Luna de Avondano - Orq. Do Norte, 2015) “Carmelite” (Dialogue des Carmelites de Poulenc - S. Carlos, 2016) e “Berta”(Il Barbiere di Siviglia de Rossini – GinásioÓpera 2016).
Em 2011 integrou o elenco de solistas que fez a estreia mundial da ópera de Edward Ayres de Abreu Ainda não vi-te as mãos.
Em Março de 2011 obteve o 1º prémio de nível Superior e o Prémio especial de interpretação de música Portuguesa no Concurso Nacional de Canto dos Conservatórios e, em 2013, o 3º Prémio de nível Superior de Canto no Concurso Internacional do Fundão.








Fotos Jorge Carmona / Antena 2