Ouvir
A Propósito da Música
Em Direto
A Propósito da Música Alexandre Delgado

Concertos

Concerto de Ano Novo | 1 Janeiro 10h15

Transmissão direta UER

|

Concerto de Ano Novo | 1 Janeiro 10h15 Concerto de Ano Novo | 1 Janeiro 10h15

Orquestra Filarmónica de Viena © Jun Keller

Transmitido ao vivo da prestigiada sala de concertos Musikverein, em Viena, o Concerto do Ano Novo é uma das emissões com maior audiência em vários países, dos 90 que o transmitem, alcançando mais de 20 milhões de espectadores, só na Europa.
Em cada ano, a orquestra apresenta um programa musical diferente, com obras do vasto repertório da família Johann Strauss e seus contemporâneos sob a batuta dos maestros mais prestigiados do mundo.


1 Janeiro | 10h15



Direção de Christian Thielemann


Programa

Carl Michael - Ziehrer Marcha Schönfeld, Op. 422

Josef Strauss - Valsa Transactionen, Op. 184

Joseph (Pepi) Hellmesberger - Elfenreigen

Johann Strauss - Polca rápida Expresso, Op. 311
        - Valsa Nordseebilder, Op. 390

Eduard Strauss - Polca rápida Mit extrapost, Op. 259

Johann Strauss - Abertura da opereta Der Zigeunerbaron (O barão cigano) 

Josef Strauss - Die Tänzerin, Op. 277

Johann Strauss - Valsa Vida de artista, Op. 316 
        - Polca rápida Die Bajadere, Op. 351

Eduard Strauss - Polca francesa Opern-Soirée, Op. 162

Johann Strauss - Valsa de Eva 
- Czardas da ópera Ritter Pásmán 
- Marcha Egípcia, Op. 335

Joseph (Pepi) Hellmesberger - Entr’acte valse

Johann Strauss - Polca mazurca Lob der Frauen, Op. 310

Josef Strauss - Valsa Música das esferas, Op. 235

Johann Strauss - Polca rápida Im Sturmschritt, Op.348 

- Valsa Danúbio Azul, Op. 314

Johann Strauss (pai) - Marcha Radetzky, Op.228





Transmissão direta
pela União Europeia de Radiotelevisão (UER)
a partir do Grande Auditório do Musikverein, 
em Viena, Áustria
Realização e Apresentação: André Pinto
Produção: Susana Valente



Pela primeira vez, o maestro alemão Christian Thielemann conduz o Concerto de Ano Novo neste prestigiado evento internacional.

Christian Thielemann nasceu em Berlim, a 1 de Abril de 1959. Atualmente é o Maestro Principal da Orquestra Estatal de Dresden (Dresden Staatskapelle) e Diretor artístico e conselheiro musical do Festival de Bayreuth, em Salzburgo, parceiro musical da Filarmónica de Viena desde 2000. 
Thielemann começou a aprender piano e viola em criança; começou sua carreira musical aos 19 anos na Ópera Alemã de Berlim com Heinrich Hollreiser e assistente de Herbert von Karajan. Fez a sua estreia como maestro nos Estados Unidos, em 1991, conduzindo a nova produção de Elektra de Richard Strauss, em São Francisco e no Metropolitan Opera em Nova Iorque. Em 1997, tornou-se diretor musical da Ópera Alemã de Berlim, onde permaneceu até 2004. Foi o maestro principal e diretor musical da Filarmónica de Munique, e da Orquestra Estatal de Dresden.
Thielemann tem-se apresentado nas mais importantes casas de óperas do mundo. Em 1987 fez a sua estreia com Così Fan Tutte, de Wolfgang Amadeus Mozart na Ópera Estatal de Viena. No Royal Opera House, Covent Garden, dirigiu Jenufa, Elektra, Der Rosenkavalier e Die Ägyptische Helena. No Metropolitan Opera House, conduziu Der Rosenkavalier, Die Frau Ohne Schatten, Arabella e na Ópera Lírica de Chicago, dirigiu a nova produção de Die Meistersinger von Nürnberg.
É regularmente convidado para os festivais de Salzburgo e Bayreuth. Já dirigiu a Filarmónica de Viena, a Filarmónica de Berlim, a Orquestra Estatal de Dresden, a Orquestra Real do Concertgebouw, a Filarmónica de Israel e a Orquestra Philharmonia, fazendo digressões com esta orquestra por Espanha, Portugal, Itália, Alemanha e Suíça. Nos Estados Unidos apresenta-se com a Orquestra de Filadélfia, Orquestra Sinfónica de Chicago e com a Filarmónica de Nova Iorque.