Ouvir
Jazz a 2
Em Direto
Jazz a 2 João Moreira dos Santos / Maria Alexandra Corvela / Luís Caetano / Produção: Cristina do Carmo

Concertos

Concerto de Câmara | OSP 25 | 7 Fevereiro

Teatro Nacional de São Carlos

|

Concerto de Câmara | OSP 25 | 7 Fevereiro Concerto de Câmara | OSP 25 | 7 Fevereiro

7 Fevereiro | 18h30

Foyer
Entrada Livre

Concerto de Câmara | Série OSP 25

Nariné Dellalian, violino e curadoria
Pedro Saglimbeni Muñoz, viola
Hilary Alper, violoncelo
Marina Dellalyan, piano


Programa

(1969) - Lugares esquecidos — Quarteto para Piano e Cordas*
I. Largo ed espressivo - Agitato
II. Largo - Molto dolce
III. Energico
IV. Lontano
* Encomenda do Serviço Acarte da Fundação Calouste Gulbenkian| Estreia absoluta pelos músicos do Quarteto de Moscovo

Armando José Fernandes (1906-1983) - Sonatina para Viola e Piano
I. Allegro con spirito
II. Quasi allegretto
III. Presto assai

Harutiun Dellalian (1937-1990) - Sonata Poema para Violino e Piano


Gustav Mahler (1860–1911) - Quarteto para Piano e Cordas em Lá Menor



A curadoria da série de concertos de câmara OSP25 fica a cargo de músicos da Orquestra Sinfónica Portuguesa que, este ano, completa 25 anos de uma atividade repleta de merecidíssimos sucessos junto de um vasto público, granjeando igualmente o aplauso crítico nacional e internacional. 
Os concertos no Foyer de São Carlos são de entrada livre e têm o objetivo de tornar-se uma plataforma regular para conjuntos e músicos que desejem usufruir da atmosfera única deste Teatro, bem como da sua localização tão central.


Concerto gravado para posterior transmissão
Produção: Anabela Luís



Nariné Dellalian | Violino
Nasceu na Arménia, em Yerevan, numa família de músicos. Os primeiros passos no mundo da música foram feitos com o pai, o compositor Harutiun Dellalian. Estudou no Conservatório Nacional Estatal de Komitas. Antes de vir para Portugal, trabalhou na Orquestra Sinfónica da Rádio e Televisão da Arménia. Desde 1990, com o seu marido violoncelista Levon Mouradian, é convidada para colaborar com a Orquestra da Gulbenkian, onde já realizou vários concertos. É, desde 1993, coordenadora assistente de naipe dos 2os violinos na Orquestra Sinfónica Portuguesa. Durante este período já se apresentou como solista e também integrada em grupos de música de câmara em Portugal, Alemanha, Itália, Espanha, Áustria, EUA e Japão. Regularmente regressa ao seu país natal onde é organizadora do festival e concertos com música do seu pai, e é também presidente do Hayrik Mouradian NGO, realizando vários eventos de musica étnica, além da edição de CD e livros. Todos os anos apresenta novos programas de música de câmara no Teatro Nacional de São Carlos e na Fundação Gulbenkian, entre outros.


Pedro Saglimbeni Muñoz | Viola
Nasceu na Venezuela. Estudou no Sistema da Orquestra Nacional Juvenil da Venezuela, na Alemanha e na Polónia na European Mozart Academy, em Cracóvia. Como solista atuou com diversas orquestras venezuelanas além da Sinfónica de Colômbia, Orquestra Nacional do Panamá, Filarmónica Rhodanien de França, Sinfónica Portuguesa, Orquestra Gulbenkian e Orquestra Nacional do Porto. Realizou recitais na Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, Espanha, França, Itália, Alemanha, Noruega, Bélgica, Polónia, Hungria, República Checa e Inglaterra. Desde 1996 reside em Portugal. Atualmente é solista da Orquestra Sinfónica Portuguesa, leciona na Escola Superior de Música de Lisboa e é viola solista da Camerata Atlântica.


Hilary Alper | Violoncelo
Natural dos EUA, estudou na Julliard School e na Manhattan School of Music, onde se diplomou em 1986. Os seus professores foram Leonard Rose e Channing Robbins (violoncelo), bem como o Quarteto de Cordas de Tóquio, Felix Galimir, Andras Schiff e o Quarteto de Cordas da Julliard (música de câmara). Prosseguiu a sua carreira como músico de câmara, tendo-se apresentado no Banff Chamber Music Festival (EUA), entre outros, e em concertos em Portugal e Espanha.
Colaborou com diversas orquestras tais como a New Music Consort (EUA), Manhattan Chamber Orchestra e Orchestra Internazionale di Italia. Entre 1991 e 1993, foi membro da Orquestra Sinfónica de Sevilha. É, desde 1993, coordenador de naipe adjunto da Orquestra Sinfónica Portuguesa. 




Marina Dellalyan | Piano
Nasceu em Yerevan, Arménia. Iniciou os seus estudos musicais com o seu pai Harutyun Dellalian. Foi admitida na Escola Especializada de Música Piotr Tchaikovsky. No Conservatório Nacional de Komitass qualificou-se como solista de Música de Câmara, professora de piano e acompanhadora. É Mestre de pedagogia de piano pela ESML.
Ensinou piano na Escola de Arte em Yerevan e na Escola Central de Arte Coral em Moscovo. Foi pianista no Teatro Académico de Ópera e Bailado de Yerevan. Desde 1995 que está a lecionar na Escola de Música Nossa Senhora do Cabo, em Linda-a-Velha. Colaborou com o Coro e Orquestra Gulbenkian, Teatro Nacional de São Carlos, Orquestra Sinfónica Portuguesa e Orquestra Nacional do Porto. Ministrou masterclasses de piano em várias localidades de Portugal. Efetuou concertos em França, Espanha, EUA, Canadá, Rússia, Itália, Arménia e Portugal. Participou em diversos filmes e programas de TV e rádio.