Ouvir
Vibrato
Em Direto
Vibrato Pedro Rafael Costa

Concertos

FIMPV | La Fonte Musica | 12 Julho | 19h00 | 21h45

Festival Internacional de Música da Póvoa de Varzim

|

FIMPV | La Fonte Musica | 12 Julho | 19h00 | 21h45 FIMPV | La Fonte Musica | 12 Julho | 19h00 | 21h45

12 Julho | 19h00 | 21h45
Igreja Românica | S. Pedro de Rates


La Fonte Musica 

Enigma Fortuna - Música sacra e secular tardo-medieval de Antonio Zacara da Teramo


Emissão especial 
- das 19h00 às 20h00 Entrevistas com convidados
- a partir das 21h45, transmissão direta do concerto


Concerto

La Fonte Musica, agrupamento vocal e instrumental
Francesca Cassinari, soprano
Alena Dantcheva, soprano
Elena Carzaniga, alto
Gianluca Ferrarini, tenor
Massimo Altieri, tenor
Teodoro Baù, fiddle
Efix Puleo, fiddle
Federica Bianchi, órgão gótico & clavicymbalum
Michele Pasotti, alaúde e direcção musical



Programa

«Enigma Fortuna» – Música sacra e secular tardo-medieval de Antonio Zacara da Teramo

Antonio Zacara da Teramo (1360-dep. 1413)
1. Gloria I
2. Credo II
3. Sumite Karissimi
4. Credo du Vilage

[anónimo] (Codex Faenza 117)
5. Rosetta strum (alaúde)

Antonio Zacara da Teramo (1360-dep. 1413)
6. Spinato intorno al cor

[anónimo] (Codex Londres add. 29987)
7. Tre fontane (instrumental)

Antonio Zacara da Teramo (1360-dep. 1413)
8. Amor nè tossa
9. Ciaramella

[anónimo] (Codex Faenza 117)
10. Ave Maris Stella

Antonio Zacara da Teramo (1360-dep. 1413)
11. Gloria Anglicana
12. Credo
13. Gloria “Gloria Laus Honor”
14. Credo III



Transmissão direta

Realização e Apresentação: Paulo Alves Guerra 
Produção: Anabela Luís







O agrupamento La Fonte Musica foi fundado para interpretar o admirável período musical que vai do fim da Idade Média ao começo do humanismo (ca. 1320-1440), com uma focalização especial no Trecento Italiano. Uma constante e séria pesquisa filológica está na origem de cada projecto. No centro da ideia interpretativa do agrupamento coloca-se o imperativo humanístico tornare alle fonti (daí a sua designação), às raizes da polifonia medieval, ao profundo sentido dos poemas e opções caligráficas, para uma criteriosa decifração das retóricas e da gramática musical por forma a compreender, traduzir e transpor para a atualidade uma música extraordinariamente criativa, experimental e refinada, quase que ainda inexplorada. 
Os concertos de La Fonte Musica são caracterizados pela virtuosidade vocal e instrumental, essenciais para corresponder à experimentação audaciosa típica da Ars Nova e Ars Subtilior.