Ouvir
Olhar a Lua
Em Direto
Olhar a Lua Tomás Anahory

Concertos

Isabel Vaz e Vasco Dantas | 23 Janeiro | 19h00

Instituto Superior de Economia e Gestão

|

Isabel Vaz e Vasco Dantas | 23 Janeiro | 19h00 Isabel Vaz e Vasco Dantas | 23 Janeiro | 19h00

© Jorge Carmona / Antena 2


23 Janeiro | 19h00

Auditório do  
Entrada livre


Isabel Vaz e Vasco Dantas

Isabel Vaz, violoncelo
Vasco Dantas, piano


Programa

Frederico de Freitas (1902-1980) - Nocturno
          - Cantar de Amigo


Eurico Carrapatoso (1962) - Alegoria
 - Pranto
 - Como se chovesse


S. Rachmaninov (1873-1943) - Sonata para violoncelo e piano, Op. 19
Lento, Allegro moderato
Allegro moderato
Andante
Allegro mosso 




Transmissão direta
Apresentação: Pedro Ramos
Produção: Anabela Luís



Isabel Vaz | Natural de Lisboa, começou a estudar violoncelo aos sete anos de idade com Luís Estevão da Silva e Maria José Falcão na Fundação Musical dos Amigos das Crianças. Completou a sua licenciatura na Escola Superior de Música de Lisboa com Clélia Vital e Irene Lima (música de câmara) e o mestrado no Conservatório de Amsterdão na classe de Dmitry Ferschtman, com o apoio da Fundação Gulbenkian. Durante os seus estudos participou em dois intercâmbios cada um com a duração de um semestre. Teve então a oportunidade de estudar na HAMU, em Praga, com Vaclav Bernasek e na Manhattan School of Music, Nova Iorque com Alan Stepansky. Participou em masterclasses com Gary Hoffman, Natalia Shakovskaya, Valter Despalj, Giovanni Sollima, Jeroen Reuling, Márcio Carneiro, Michel Strauss, António Meneses. 
Integrou de 2013 a 2015 o Quartetto Indaco com o qual frequentou o mestrado em quarteto de cordas na Hochschule für Musik em Hannover com Oliver Wille. Durante este período o quarteto apresentou-se em vários festivais internacionais e salas de concerto importantes por toda a Europa e colaborou com músicos de renome internacional, como Bruno Canino e músicos do Quartetto di Cremona. Foi distinguida em vários concursos nacionais e internacionais, a solo e em música de câmara: 3º prémio e prémio do público no Concurso de Interpretação do Estoril 2012, 1º prémio no Prémio Jovens Músicos 2009 (música de câmara), 1º prémio no Concurso Internacional de Música de Câmara Guido Papini 2013, prémio Jeunesses Musicales Deutschland no Premio Borciani 2014, o 3º prémio no Concurso Internacional de Música de Câmara de Val Tidone 2014, Prémio especial discográfico no Concurso de música de câmara Salieri Zinetti 2015 e o 1º prémio no Concurso de Interpretação do Estoril 2016. 
Isabel Vaz encontra-se sediada em Amesterdão e é um dos elementos mais recentes da Noord Nederlands Orkest com a qual colabora em regime de part-time. Também se dedica à música de câmara, integrando o Haarlem Piano Trio e, juntamente com o pianista Vasco Dantas, faz parte da direcção artística do Algarve Music Series (antigo Festival Internacional de Música de Câmara do Algarve), festival de natureza anual cuja quinta edição terá lugar no Algarve em Outubro de 2020. Durante as últimas temporadas, Isabel Vaz tem colaborado em concertos a solo com várias orquestras em Portugal e no estrangeiro.



Vasco Dantas | Nascido em 1992 completou a Licenciatura em Música com 1ª classe & distinção no London Royal College of Music, sob a orientação pianística de Dmitri Alexeev e Niel Immelman, estudando também direção orquestral com Peter Stark e Natalia Luis-Bassa. Terminou o Mestrado em Performance com nota máxima sob a orientação de Heribert Koch, na Universidade de Münster, onde foi aceite em Doutoramento "Konzertexamen". 
Vasco já obteve mais de 50 prémios e distinções em concursos internacionais destacando-se: Grand Prix no Valletta International Piano Competition (Malta), Prix Spécial no Concours International de Piano SAR La Princesse Lalla Meryem (Marrocos), 1º Prémio no Concurso Porto Santa Cecília (Portugal), Medalha de Mérito Dourada (Câmara Municipal de Matosinhos), Prémio Casa da Música 2009, Prémio Melhor Português (Concurso Internacional de Viseu), Prémio Antena 2 2013, 3º Prémio no Concurso Münster Steinway & Sons (Alemanha), o prémio “Esther Fisher Prize 2013” (melhor aluno de licenciatura do London RCM), Prémio Fundação Eng. António de Almeida, Prémio Henry Wood Trust (2011 e 2012), Prémio Bolsa Fundação e Círculo Richard Wagner Portugal e assim como 1º prémios nos seguintes concursos: Interpretação do Estoril, Internacional de Piano do Fundão, Internacional de Piano do Alto Minho, Internacional de Piano Ría de Vigo, Internacional de Piano Florinda Santos, Piano Marília Rocha, Piano Póvoa de Varzim, Paços’ Premium, Piano Elisa Pedroso e Música de Câmara Maestro Ivo Cruz, entre outros. 
Em 2019 estreou-se em recital a solo no Carnegie Hall, em Nova Iorque. Em 2017 estreou-se na Rússia tocando a solo com a Chamber Orchestra Kremlin na Grande Sala do Conservatório Tchaikovksy de Moscovo. Em 2016 estreou-se na Alemanha tocando a solo com a Jülich Sinfonieorchester e a Junges Sinfonieorchester Aachen. Em 2015 estreou-se no continente asiático tocando a solo com a Hong Kong Symphonia no HK City Hall Concert Hall. Em 2014 estreou-se no continente americano tocando a solo com a Orquestra Sinfónica do Espírito Santo, em Vitória – Brasil. Em 2013 estreou-se no continente europeu com a Orquestra Sinfónica do Porto. E em 2011 fez a sua estreia como pianista solista na Sala Suggia da Casa da Música, inaugurando o Ciclo de Piano EDP 2011. 


Tocou também a solo com outras orquestras, tais como, Clássica da Madeira, Clássica do Centro, Clássica do Sul, Festival de Música Júnior, Filarmónica Portuguesa, Filarmónica das Beiras, Gulbenkian, Jovem Orquestra Portuguesa, Orquestra do Norte, Orquestra Promenade, Sinfónica de Cascais, Sinfónica Portuguesa, e já teve a oportunidade de trabalhar com maestros de renome, tais como, Choi Sown Le, Daniel Cohen, Dinis Sousa, Günter Neuhold, Jan Wierzba, Joshua dos Santos, Martin André, Misha Rachlevsky, Nicholas Kok, Nikolay Lalov, Nuno Coelho, Osvaldo Ferreira, Pedro Carneiro, Pedro Neves, Peter Sauerwein, Rui Pinheiro, Vassily Sinaisky e Victor Hugo Toro. 
É diretor artístico do Algarve Music Series, um festival de música de câmara na região algarvia, com artistas de classe mundial. Gravou em CD a convite da Antena 2, ARS Produktion, Rádio Galega, MPMP e KNS Classical. A sua discografia inclui 4 álbuns: Promenade (2015), Golden Liszt (2016), Freitas Branco (2019) e Con Delicatezza (2020), já transmitidos pela Antena 2 e as rádios alemãs MDR Klassik e WDR 3. Vasco é apoiado pela AVA Musical Editions.






Fotos Jorge Carmona / Antena 2