Ouvir
Baile de Máscaras
Em Direto
Baile de Máscaras João Pedro

Concertos

Joana Machado Trio | 24 Novembro | 19h00

Liceu Camões

|

Joana Machado Trio | 24 Novembro | 19h00 Joana Machado Trio | 24 Novembro | 19h00

© Pedro Correia / Antena 2


Temporada Concertos Antena 2

24 Novembro | 19h00

Auditório do 
Liceu Camões     


Joana Machado Trio 

Joana Machado, voz
Óscar Graça, piano/teclados
Joel Silva, bateria





Programa
Velocidade

After You’ve Gone

It had to be you

The man i love

Thou swell

Stardust

How long has this been going on

I can’t give you anything but love

You do something to me

For all we know

I’ll be seeing you





Um século para a eternidade

A década de 20 foi marcada por vários eventos cruciais para o Jazz. Tudo começou com a proibição do álcool... Ao invés de evitar o seu consumo, a lei seca permitiu o aparecimento de "speakeasies" e de residências privadas onde ocorreram inúmeras festas acompanhadas por Jazz tocado ao vivo e... muitos copos. Também Nova Orleans perdia a sua centralidade na "cena", à medida que os músicos se mudavam para Chicago e Nova Iorque. Nesta década o mundo da música abriu-se, passando o Jazz e o Blues a coexistir com a Broadway e as "Dance Bands".
Este concerto pretende homenagear, trazendo para o Presente, as grandes canções de Hoagy Carmichael, Jerome Kern, George Gershwin e Richard Rogers, entre outros, que esta década comemoram o seu centenário e que para sempre marcaram a história do Jazz.

Velocidade é um manifesto sonoro liberto de espartilhos estilísticos que abraça descomplexadamente o grande público. Joana Machado interpreta e assina os arranjos das canções que compõem o alinhamento deste concerto. Velocidade é fruto de um trabalho desta equipa e da pesquisa de sonoridades e grooves onde o Jazz é o playground perfeito para reunir influências musicais - da soul ao pop, passando pela música electrónica. Em trio, Joana Machado, Óscar Graça e Joel Silva.







Transmissão direta
Apresentação: João Almeida
Produção: Anabela Luís, Cristina do Carmo



Joana Machado | Nasceu no Funchal em 1978. Aos 6 anos iniciou a sua aprendizagem musical no Conservatório. Com 17 mudou-se para Lisboa onde frequentou durante um ano o curso de canto da Academia de Amadores de Música e, mais tarde, integrou a escola de Jazz do Hot Clube de Portugal. No ano de 1999 foi referida como "Nova voz revelação". Paralelamente, formou-se em Design Industrial na Universidade Lusíada.
Em 2002 mudou-se para Nova Iorque afim de frequentar o programa de Jazz e Música Contemporânea da New School University, que concluiu com uma Bolsa de Estudos atribuída por essa instituição. Obteve o grau de Mestre em Música, Interpretação Artística, em 2012, na ESMAE (Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo do Instituto Politécnico do Porto). Atualmente, frequenta o Doutoramento em Artes Performativas e da Imagem em Movimento na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. 
Estudou com Buster Williams, Connie De Jongh, Doug Weiss, Joanne Brackeen, Jeannie Lovetri, Lúcia Lemos, Luciana Souza, Reggie Workman, Sheila Jordan, Steve Coleman, Theo Bleckmann, Vic Juris, entre muitos outros. Realizou o Workshop Singing Body/Dancing Voice da companhia de Meredith Monk, com o apoio da Fundação GDA. 
Já atuou ao lado de artistas como Abe Rábade, Bernardo Sassetti, Chris Strik, Edu Lobo, Gary Bartz, Jamey Haddad, Jane Ira Bloom, Jesus Santandreu, Paulo Braga, Perico Sambeat, Reggie Workmann, Rembrandt Frerichs, Sara Serpa, Toon Roos, entre outros. 


O seu nome integrou o cartaz de inúmero Festivais e outros eventos, nomeadamente o FunchalJazz (PT), Canjazz (Cangas, SP), Portalegre Jazz Fest (PT), BoogaJazz Amstel (Cáceres, SP), RaboJazz (Bergen op Zoom, NL), Festa do Jazz (Lisboa, PT), DouroJazz (PT), Arhus Jazz Festival (Arhus, DK), Freiburg Music Festival (Freiburg, GER), Odemira TassJazz (Odemira, PT), entre muitos outros. 
Colaborou com Jazz Orchestras das quais destaca a Lehigh Valley Jazz Repertory Orchestra , dirigida por Bill Warfield; a New School University's Jazz Orchestra, dirigida por Charles Tolliver; e a European Jazz Youth Orchestra, dirigida por Pedro Moreira. 
Integra os “Fragmentz” da cantora/compositora Sara Serpa desde 2012 e o Septeto do Hot Clube de Portugal desde Dezembro de 2014. Atualmente, é responsável pela direcção musical e arranjos do trio vocal ELAS e o Jazz, composto pela própria, Marta Hugon e Mariana Norton. 
Para além dos 5 títulos em seu nome "Crude" (Toap 2006), "A Casa do Óscar" (ed. autor 2009), "Travessia dos poetas - Rosapeixe" (Karonte 2010) e “Blame it on my Youth” (Warner 2014) e "Lifestories" (2016), a sua discografia inclui ainda participações em gravações de Abe Rábade ("Aloumiños de Seda" – Galicia 2008), Amílcar Vasques Dias ("Desnudo" – Numérica 2011), Ricardo Pinheiro ("Song Form" - Toap 2013) e Septeto do Hot Clube de Portugal (HCP 2015 e 2017). 
É professora de Voz, Ensemble e Formação Auditiva na Licenciatura em Jazz e Música Moderna da Universidade Lusíada de Lisboa desde 2009. Integra também o corpo docente da Escola de Jazz de Luiz Villas-Boas.




Óscar Graça | Nasceu em Aveiro, em 1980. Começou a estudar música aos seis anos. Licenciou-se em Composição Musical pela Escola Superior de Música de Lisboa, em 2002, após a conclusão dos estudos de execução clássica para piano no Conservatório de Música de Aveiro de Calouste Gulbenkian, em 1998. Estudou jazz na Escola de Jazz do Porto, no Hot Clube de Portugal em Lisboa e no Berklee College of Music em Boston, onde foi bolseiro. Atualmente está inscrito no curso de Doutoramento pela Universidade de Lisboa. Estudou, entre outros, com Paulo Gomes, Bernardo Moreira, Rodrigo Gonçalves, António Pinho Vargas, Luís Tinoco, Frank Carlberg, Tony Germain, Neil Olmstead, JoAnne Brackeen, Bruno Raberg, Dave Samuels, Ken Pullig e Ed Tomassi.
É professor desde 2000, tendo trabalhado em várias instituições diferentes. Atualmente é professor na Escola Superior de Música de Lisboa, na Universidade de Évora e no Hot Clube de Portugal em Lisboa.
É membro de vários grupos musicais como Quinteto Nuno Costa, Quinteto Jeffery Davis, Saga Cega, NoA, Orquestra de Jazz do Hot Clube de Portugal, ThE SPiLL, Quinteto Ricardo Pinto, César Cardoso Ensemble, Mad Nomad, The Last Minute Experience e Joana Machado, e lidera o seu próprio trio, co-lider 'liftoff', erro de sintaxe e um projeto de cinema mudo.
Já tocou com, entre outros, André Fernandes, Nelson Cascais, João Firmino, Afonso Pais, Paula Oliveira, Marta Hugon, Mariana Norton, Sara Serpa, Sofia Ribeiro, David Binney, José Pedro Coelho, João Guimarães , Ohad Talmor, Gonçalo Prazeres, Paulo Gaspar, Bernardo Moreira, Miguel Amado, Dan Weiss, João Lencastre, Lithium, Reunion Big Band, Coro Gulbenkian e QuadQuartet.



Joel Silva | Iniciou os seus estudos musicais, em 1997, na E.M.O.L (Escola de Música do Orfeão de Leiria) e concluiu em 2008 a licenciatura no curso de Jazz da Escola Superior de Música e Artes do Espectáculo (ESMAE) onde estudou bateria com Michael Lauren. Tem vindo a acompanhar vários músicos, onde se destacam Carlos Barretto, Maria João, Bernardo Moreira, Salvador Sobral, Luísa Sobral, Bob Sands, Septeto do H.C.P, Big Band H.C.P., Paulo de Carvalho, Matt Penman, Francesco Bearzatti, Júlio Resende, Kristin Korb, Salomão Soares, João Paulo Esteves da Silva, Will Vinson, Dave Ambrosio, Phil Dwyer, Pietro Tonolo, Baptiste Trotignon, Nuno Ferreira, Franck Amsallem, Perico Sambeat, Leo Montana, Reinier Baas, Luís Figueiredo, Jon Irabagon, Ole Morten Vågan, Mário Delgado, Abe Rabade, Chris Kase, Bena Lobo, Filipe Raposo, Cláudio Andrade, Luis Avellar, Tim Tim Por Tim Tum, Andy Sheppard. Integra também os projetos, Alexander Search e Mutrama. 
Desde 2004 tem estado presente em vários festivais de Jazz em países como Portugal, Holanda, Itália, Grécia, Angola, França, Macau, Espanha, Eslovénia, Cabo Verde, Suiça e EUA. 
Em 2014 editou o seu primeiro álbum em nome próprio intitulado Geyser que foi cotado com 4,5 estrelas no site All About Jazz e considerado pelo jornal Público como um dos grandes discos de Jazz editados em Portugal. Foi o produtor musical de Paris, Lisboa, o segundo álbum de Salvador Sobral.
Leciona na Escola de Jazz Luiz Villas-Boas - Hot Clube de Portugal.



Fotos Pedro Correia / Antena 2