Ouvir
Quinta Essência
Em Direto
Quinta Essência João Almeida

Concertos

Kirill Gerstein | 20 Agosto | 21h00

Grande Auditório

|

Kirill Gerstein | 20 Agosto | 21h00 Kirill Gerstein | 20 Agosto | 21h00


20 Agosto | 21h00

Grande Auditório
Realização e Apresentação: Reinaldo Francisco 
Produção: Pedro Ramos

Gravação pela Rádio Dinamarca 
no Auditório da Rádio Dinamarca, em Copenhaga, 
a 3 de Outubro de 201
Concerto Euroradio Premium


Adès, Ravel e Shostakovich

Kirill Gerstein, piano 
Orquestra Sinfónica Nacional Dinamarquesa 
Direção de Nicholas Collon


Programa

Thomas Adès - Concerto para piano e orquestra 

Maurice Ravel - Valsas nobres e sentimentais 

Dimitri Shostakovich - Sinfonia nº 9 em Mi bemol Maior, Op.70





Uma noite com três grandes compositores dos séculos XX e XXI. As valsas de Ravel são  declarações de amor pela dança, e uma delas é a brilhante Valses nobles et sentimentales, uma valsa autêntica e arrebatadora, com inúmeras facetas.
A nona sinfonia de Shostakovich, de 1945, é a mais bem-humorada. Curta e amável, não agradou ao governo da União Soviética e foi proibida por Estaline pela sua audácia. A sinfonia foi escrita logo após a Segunda Guerra Mundial, e esperava-se de Shostakovich uma grande sinfonia patriótica de guerra. Ao invés, seguiu o seu próprio caminho com esta obra-prima espirituosa e irónica.

O solista é o virtuoso pianista russo-americano Kirill Gerstein, que apresenta um novo concerto para piano do compositor Thomas Adès, vencedor do Prémio Sonning Music 2016.
O jovem maestro inglês, atualmente regente principal Orquestra Sinfónica da Rádio Finlandesa, Nicholas Collon dirige a DR Symphony Orchestra. 




Mais sobre o Concerto, aqui e aqui.



Kirill Gerstein nasceu em 1979, em Voronezh, na Rússia. Estudou repertório clássico e jazz e, em 1993, mudou-se para Boston, onde se tornou no mais jovem aluno a ingressar no Berklee College of Music. Estudou também com Solomon Mikowsky (Nova Iorque), Dmitri Bashkirov (Madrid) e Ferenc Rados (Budapeste). Em 2001 venceu o Concurso Arthur Rubinstein, em Telavive e, em 2002, o Gilmore Young Artist Award. Em 2010 viria a ser distinguido com o Avery Fisher Career Grant e o Gilmore Artist Award, o que lhe permitiu encomendar novas obras a vários compositores.
A carreira de Kirill Gerstein evoluiu solidamente a nível internacional, com frequentes apresentações na Europa, nos Estados Unidos da América, no Extremo Oriente e na Austrália. Em 2018 foi a estreia mundial do novo Concerto para Piano de Thomas Adès, encomendado pela Sinfónica de Boston e escrito especialmente para Gerstein. Após a estreia em Boston e uma apresentação em Nova Iorque, sob a direção do compositor, a estreia europeia teve lugar em Leipzig, com a Orquestra do Gewandhaus. 
Gerstein e Adès colaboram também em apresentações do concerto para piano In Seven Days, com a Filarmónica de Londres e com a Filarmónica de Los Angeles, bem como em recitais em Nova Iorque e Boston. Outros destaques incluem apresentações na China, com as Sinfónicas de Xangai e Guangzhou, e ainda colaborações com a Filarmónica Checa, a Sinfónica de Londres, a Filarmónica de Roterdão, a Filarmónica da Radio France, a Dresden Staatskapelle, a Filarmónica de Helsínquia, a Orquestra de Cleveland e a Sinfónica de Cincinnati, entre outras orquestras. 
Kirill Gerstein é também um dedicado professor e pedagogo. Lecionou na Stuttgart Musik Hochschule (2007-2017) e integra atualmente o Sir András Schiff Performance Programme for Young Artists da Kronberg Academy.