Ouvir
Império dos Sentidos
Em Direto
Império dos Sentidos Paulo Alves Guerra / Produção: Ana Paula Ferreira

Concertos

Manouchka | 19 Junho | 19h00

Instituto Superior Economia e Gestão

|

Manouchka | 19 Junho | 19h00 Manouchka | 19 Junho | 19h00

© Jorge Carmona / Antena 2


19 Junho | 19h00

Auditório do
Concerto à porta fechada


Manouchka

Nuno Marinho, guitarra
Marian Yanchyk, violino
Ricardo Quintas, clarinete
Pedro Leitão, contrabaixo

 
Programa

1 - All of me
2 - Blue Drag
3 - Minor swing
4 - Troublant Bolero
5 - Djangology
6 - Tears
7 - Swing 48
8 - Seul Ce Soir
9 - Manoir de mes reves
10 - J'Attendrai
11 - Si tu savais
12 - Dark eyes




Manouchka é a banda mais prestigiada a tocar a música de Django Reinhardt em Portugal e a única com reconhecimento internacional. Depois de actuar por todo o país, incluindo Lisboa, Coimbra, Ericeira, Mértola e Miranda do Douro, fizeram a banda sonora ao vivo de eventos de dança Lindy Hop e Balboa, festivais e festas particulares nacionais. Foram convidados a participar no maior Festival de Gypsy Jazz da América do Sul, em São Paulo, Brasil e também já actuaram em Espanha e França.


 
Liderados por Nuno Marinho na guitarra, que se dedica a promover o género em Portugal desde 2014, e com o virtuoso violinista Ucraniano Marian Yanchyk, recebem regularmente convidados nacionais e internacionais. Foi assim que surgiu a amizade com Ricardo Quintas, clarinetista, que integra o grupo tanto em Trio como em formatos mais alargados que incluem músicos de todo o mundo.
Manouchka mistura o Swing de Paris nos anos 30 com a música tradicional de Leste, o Fado de Lisboa, o Rock Americano, e toda a inspiração que os músicos internacionais convidados pela banda oferecem. 





Transmissão direta
Apresentação e Realização: Pedro Ramos
Produção: Anabela Luís



Nuno Marinho é guitarrista, compositor e pedagogo, líder dos seus projectos na área do Jazz Contemporâneo e de Fusão e tem trabalhado com alguns dos mais influentes nomes do Jazz português. Após o album de estreia "DNA" prepara a gravação e lançamento de "Letting Go... The World Of Make Believe".
Outros dos seus projectos prestam homenagem à exigente música do Pat Metheny Group, e também, à obra de Django Reinhardt. Em ambos revela-se como um músico melódico e intenso com grande sentido técnico e estrutural da sua arte.
Nuno Marinho é investigador musical e publica mensalmente os seus frutos na revista Jazz.pt.
A sempre presente carreira como professor de guitarra, teoria, harmonia e história do jazz leva-o, actualmente, a colaborar com os mais prestigiados investigadores Americanos e Australianos na elaboração de uma tese sobre formas de maximização da performance musical e o mindfulness.
Já foi galardoado com o Prémio Melhor Instrumentista da 8ª Festa do Jazz do São Luís, e o Prémio de Honra para a sua banda de originais - Drop Da Bop - no concurso Cool Jazz Talents em 2010.



Marian Yanchyk | Nascido numa familia de artistas em Lviv, na Ucrânia em 1992, revelou talento para a música com apenas 6 anos, tendo começado a aprender violino com a mesma idade. Aos 12 anos emigrou para Portugal e continuou a sua aprendizagem até aos 20 anos, idade com que se formou pelo Conservatório Regional do Algarve e mais tarde pela Escola Superior de Musica de Lisboa. Integrou, entre outras, a Orquestra Sinfónica Juvenil, Orquestra da Escola Superior de Musica de Lisboa.
Marian Yanchyk conta com várias participações e parcerias em gravações e concertos de músicos tão diversos quanto ecléticos. Participa na gravação de vários discos tais como:
 "Rhinocerus" (​2014),  "Anthropométrie" (2015),  "Povo" (João Caetano, 2016), "Bolina"​ (Trio Tramuntana, 2016).
Em 2016 é laureado com o prémio de melhor intérprete musical no festival internacional de curtas metragens "In the Palace" em Balchik (Bulgária).​
Entre as suas colaborações, conta-se a participação em variadíssimos estilos musicais, tais como:​ Classico, Jazz, Swing, Manouche, Fado, Latino, Brasileira, Bossa Nova, Blues, Africana, Rock and Roll, Rumba, Tango, Celta, Pop, Electronica, Experimental, Rock, Blues, Reggae, Drum and Bass, House, Dub Step, Trance.



Ricardo Quintas | Toca clarinete. Aprendeu música na escola de Jazz do Hot Club de Portugal. Toca na banda de jazz Lisbon Swingers. E também toca com alguns amigos numa pequena combinação de jazz chamada Salt Peanuts. Trabalha como programador de software freelancer, um pouco por todo o mundo.










Fotos Jorge Carmona / Antena 2