Ouvir
Raízes
Em Direto
Raízes Inês Almeida

Concertos

Marina Pacheco & Artur Caldeira | 13 Julho | 19h00

Museu Nacional de Arte Antiga

|

Marina Pacheco & Artur Caldeira | 13 Julho | 19h00 Marina Pacheco & Artur Caldeira | 13 Julho | 19h00

© Jorge Carmona / Antena 2


Temporada Concertos Antena 2

13 Julho | 19h00

Transmissão direta
a partir do Auditório do 
Museu Nacional de Arte Antiga


Marina Pacheco & Artur Caldeira

Marina Pacheco, soprano
Artur Caldeira, guitarra





Programa

Três Poemas Portugueses Antigos
D. Dinis / Alain Oulman - Ah! Quisesse Deus 
João Roiz de Castelo-Branco / Alain Oulman - Partindo-se 
Luís de Camões / Zeca Afonso - Verdes são os campos 
Carlos Paredes (guitarra solo) - António Marinheiro 

Os Poetas Galegos
Rosalia de Castro /Juan Montes - Negra Sombra 
Alfonso Daniel R. Castelao / Rosendo Mato Hermida - Lela 
Celso Emilio Ferreiro / A. Paz Valverde - Maria Soliña 
António Victorino de Almeida (solo) - Fantasia Op. 70 

Lembrar Luís Goes
Luiz Goes - Romagem à Lapa 
Luiz Goes - Canção Pagã 

Lembrar Carlos do Carmo e Amália Rodrigues
José Luís Tinoco | José Luís Tinoco - No Teu Poema 
João Bastos / Frederico Valério - Fado Madragoa 
F. Moreno Torroba (solo) - Torija (de Castillos de España) 

Canciones Españolas Antiguas
F. Garcia Lorca 
- Las Morillas de Jaen
- Los Reys de la Baraja
- Zorongo
- Los Quatro Muleros
- Sevillanas













Transmissão direta
Apresentação: Pedro Ramos
Produção: Anabela Luís, Cristina do Carmo



Marina Pacheco | É detentora de “assinalável musicalidade, invulgar segurança e solidez técnicas, justificando os aplausos não tanto pela agradável presença física, mas pela ductilidade vocal.” (in Público)
Próximos compromissos envolvem concertos em Portugal e na Alemanha e o lançamento do seu quarto projecto discográfico. 
Vencedora da 26ª edição do Prémio Jovens Músicos (Portugal) e galardoada em vários concursos na Europa, Marina apresenta-se regularmente em ópera, oratória, lied e música contemporânea. 
Elogiada na imprensa internacional pelo “virtuosismo perfeito” e pelo “talento como atriz”, cantou em diversos palcos na Europa, África e América do Sul. Com os três discos “João Arroyo: obra para canto e piano” (Marina Pacheco & Joana David), “Canções de Lemúria” (Marina Pacheco & Olga Amaro) e “Cantiga partindo-se” (©João Roiz Ensemble, Câmara Municipal de Castelo Branco), desenvolve o seu compromisso na divulgação da música portuguesa.
Integrou as produções de Le Nozze di Figaro de W.A.Mozart (Susanna), Amor de Perdição de J. Arroyo (Teresa), Julie de P. Boesmans (Kristin), Candide de L. Bernstein (Cunegonde), Paride ed Elena de C.W.Gluck (Paride), L’Enfant et les Sortilèges de M.Ravel (Princesse), A Laugh to Cry de M.Azguime (Female Voice), Il Barbiere di Siviglia de G.Rossini (Rosina), TMIE de C.A.Augusto (Selene, Mertseger, Empédocles) e Hummus de Z.Moultaka (Sarah), entre outras. 
Apresentou-se a solo com a Jenaer Philharmonie, João Roiz Ensemble, Mitteldeutesche Kammerphilharmonie, Norrbotten NEO, Orquestra de Câmara Portuguesa, Orquestra Clássica do Centro, Orquestra Clássica do Sul, Orquestra Filarmonia das Beiras, Orquestra Gulbenkian, Orquestra Sinfónica do Porto, Orquestra da Universidade do Minho, Sond’Art-te Electric Ensemble e Orquestra da Ópera Estatal de Stara Zagora, dirigida por António Saiote, Artur Pinho Maria, Bart Bouckaert, Cesário Costa, Christoph König, Francesco Belli, Guillaume Bourgogne, Jan Michael Horstmann, Jan Wierzba, Joana Carneiro, José Eduardo Gomes, Marc Tardue, Markus L. Frank, Pedro Neves, Peter Sundkvist, Rui Pinheiro e Tiago Ferreira. 
A sua formação começou com Pedro Telles, licenciando-se na classe de José de Oliveira Lopes e concluindo o grau de Mestre – bolseira do Santander - em Performance Musical com Sofia Serra e António Salgado. Em 2010/2011 foi membro do Vlaamse Operastudio na Bélgica, com o apoio do Programa Leonardo da Vinci e da Robus Foundation. Aperfeiçoou os seus conhecimentos com Ambra Vespasiani, Ann Murray, Doreen DeFeis, Elisabete Matos, Ettore Nova, Graham Johnson, Hanno Müller-Brachmann, Ingrid Haubold, James Hooper, João Paulo Santos, Marc Tardue, Muriel Corradini, Laura Sarti, Luciana Serra, Paulo Ferreira, Susan Waters e Tom Krause. Com oito anos representou Portugal no 37º Zecchino d’Oro (Itália), subindo a palco, desde pequena, sempre com o mesmo lema: “Nunca estás completamente vestida sem um sorriso” (Annie).



Artur Caldeira | Licenciado em Guitarra Clássica e Mestre em Interpretação Artística pela ESMAE, P. Porto, na classe de José Pina, foi-lhe atribuído, após provas públicas, o Título de Especialista em Música. É atualmente doutorando em Educação Artística na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.
Frequentou inúmeras Masterclasses com renomados mestres guitarristas como Alberto Ponce, David Russell, José Pina, Bheto Davezac, Ricardo Moyano, Celso Machado, Dusan Bogdanovic, Eduardo Fernandez, bem como noutras especialidades musicais. 
Guitarrista premiado (Prémio Parnaso, Prémio Helena Sá e Costa e Prémio Fundação Engenheiro António de Almeida), apresentou-se a solo, com diversas orquestras (Orquestra do Norte, Orquestra Nacional do Porto, Orquestra Clássica do Centro, Orquestra do CMCGB, Sinfonieta de Braga e Mitteldeutsche Kammerphilharmonie Schönebeck) e em inúmeros coletivos em Portugal Continental, Açores e Madeira e em países de diversos continentes, tais como: Espanha, França (incluindo Córsega), Alemanha, Suíça, Itália (incluindo Sardenha), Holanda, Dinamarca, Eslováquia, Hungria, Turquia, Marrocos, Moçambique e África do Sul. 
Realizou primeiras audições absolutas de obras de Fernando Lapa e Marina Pikoul, bem como da sua transcrição publicada (AVA Editions) do Concerto em Lá M de Carlos de Seixas. 
A sua assinalável e reconhecida versatilidade e fluência em diversos idiomas musicais, é a razão dos permanentes convites para integrar formações variadas inúmeros contextos. Fundou o grupo “Som Ibérico”, para o qual escreveu arranjos de temas da Música Popular Urbana Portuguesa, gravando um CD onde assinou a produção e a direcção musical. Produziu, dirigiu e gravou o CD “Clarinete em Fado” de António Saiote. Dirigiu e gravou, com o guitarrista Daniel Paredes, o CD “Sefika Plays Fado” da flautista turca Sefika Kutluer. Gravou em 2020, em período de confinamento, o CD Saber Ouvir – Música Portuguesa Para Guitarra Clássica, que obteve já excelentes críticas. Recebeu em Fevereiro de 2020 a medalha da Assembleia Nacional de França. 
Lecionou em todos os níveis do sistema nacional de ensino em Portugal, do 1º ciclo do Ensino Artístico Integrado do CMCGB (Formação Musical) ao Mestrado na ESMAE (Instrumento Música de Câmara e outras UCs), passando pelo 2º ciclo do Ensino Básico (Educação Musical) e por todo os níveis do Ensino Especializado da Música (básico e secundário de Instrumento do CMP e de diversas academias privadas). Ministra frequentes Masterclasses em Portugal e no estrangeiro e tem integrado júris de concursos nacionais e internacionais. Tem orientado e coorientado diversas Teses de Mestrado e Relatórios de Estágio em ensino, bem como supervisionado aulas de Instrumento e Música de Câmara a vários estagiários. Professor do CMP desde 1992, onde foi admitido após rigorosas provas públicas. Leciona desde 2009 na ESMAE – P. PORTO.












Fotos Jorge Carmona / Antena 2