Ouvir
Mezza-Voce
Em Direto
Mezza-Voce André Cunha Leal / Produção: Susana Valente

Concertos

Miguel Canada e Luís Duarte Moreira | 6 Fevereiro 19h30

Casa da Música, Porto

|

Miguel Canada  e Luís Duarte Moreira | 6 Fevereiro 19h30 Miguel Canada  e Luís Duarte Moreira | 6 Fevereiro 19h30

No Festival Jovens Músicos, FCG, 2017 © Jorge Carmona / Antena 2


6 Fevereiro 19h30

Sala 2


Miguel Canada e Luís Duarte Moreira 
Laureados do Prémio Jovens Músicos/Antena 2


Miguel Canada, tuba
Luís Duarte Moreira, trompa
Nicole Vidak e Isolda Crespi Rubi, piano


Programa

[Miguel Canada (tuba) e Nicole Vidak (piano)]

Jacques Castérède (1926-2014) - Segundo andamento da Sonatina p/ tuba e piano

Elizabeth Raum (1945) - Sweet Dances

Bruce Broughton (1945) - Sonata para tuba e piano 


[Luís Duarte Moreira (trompa) e Isolda Crespi Rubio (piano)]

Anton Rössler-Rosseti (c. 1750-1792) - Concerto para trompa em Ré menor (1º e 2º andamentos)

Paul Hindemith (1895-1963)- Sonata para trompa tenor e piano em mi bemol maior

Esa-Pekka Salonen (1958) - Estudo de concerto para trompa




Todos os anos o Prémio Jovens Músicos/Antena 2 distingue os mais promissores jovens músicos portugueses ou residentes em Portugal.
Os laureados do nível superior de 2017 apresentam-se agora na Casa da Música, demonstrando as possibilidades técnicas e expressivas dos seus instrumentos.  



Transmissão em direto a partir das 19h00
Entrevistas com convidados até à hora do concerto
Realização e apresentação: João Almeida
Produção: Anabela Luís / Susana Valente



José Miguel Batista Canada, natural de Machico, Madeira, Portugal, nasceu a 9 de maio de 1997. Em 2008 começou os seus estudos musicais na Banda Municipal de Machico, em Tuba. Em 2010 ingressou no Curso Profissional Básico de Instrumentista na classe de Tuba e Eufónio de Fabien Filipe, no Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira. Em 2011 participou na Orquestra Clássica da Madeira. Participou cinco anos consecutivos (2012-2016), no Estágio de Orquestra OJ.COM (Orquestra de Jovens dos Conservatórios Oficiais de Música), que decorreu nas cidades de Aveiro, Braga, Lisboa, Açores e Porto. Em 2013 ingressou no Curso Profissional de Instrumentista, no mesmo Conservatório. Nesse mesmo ano participou no Concurso Fórum Internacional de Interpretação Musical e de Pedagogia, onde obteve o 1° lugar nas categorias de instrumentista de sopro a solo e música de câmara (Quarteto de Tubas e Quinteto de Metais).
Em 2015 participou no Concurso Fórum Internacional de Interpretação Musical e de Pedagogia, onde obteve o 1° lugar na categoria de instrumentista de sopro, a solo. Nesse mesmo ano participou também na X edição do Concurso Internacional de Instrumentos de Sopro “Terras de La Salette”, onde obteve o 1° lugar.
No ano de 2016 participou no programa ERASMUS+ “Music Without Frontiers” na cidade de Lahti na Finlândia. Também concluiu a gravação de um CD com obras da sua autoria de músicas infantis. Finalizou o Curso Profissional de Instrumentista no Conservatório – Escola Profissional das Artes da Madeira, terminando com nota máxima (20 valores) no recital final. No mesmo ano ingressou na Licenciatura em Tuba na Escola Superior de Música de Lisboa na classe de Tuba e Eufónio de Adélio Carneiro. Participa também na Lisbon Film Orchestra no final desse mesmo ano.
Em 2017 participou na XII edição do Concurso Internacional de Instrumentos de Sopro “Terras de La Salette”, onde obteve o 2° lugar.
Recentemente alcançou o 1° Prémio no Concurso Prémio Jovens Músicos, promovido pela Antena 2 na categoria de Tuba em instrumentista solista, tendo a oportunidade de tocar a solo com a Orquestra Gulbenkian em Lisboa.
Durante o seu percurso teve aulas e masterclasses com vários professores de renome, tais como Sérgio Carolino, Anne Jelle Visser, Roland Szentpáli, François Thuillier, Bob Stewart, Hugo Assunção, Daniel Perantoni, Demondrae Thurman, Jorge Almeida, Juha Salmela, Charles Schlueter, Andreas Hofmeir, Gleen van Looy, Gene Pokorny, Ricardo Carvalhoso, Shimpei Tsugita, entre outros. Foi ainda dirigido por vários maestros como Rodolfo Saglimbeni, Jean-Sébastien Béreau, Francisco Sequeira, Cesário Costa, Martin André, Ernst Schelle, Francisco Loreto, Pedro Andrade, Dr. Craig Kirchhoff, Alberto Roque, Luís Carvalho, entre outros.



Luís Duarte Moreira, nasceu em 1993 e ingressa na ARTAVE em 2005 na classe de H. Vales onde conclui o recital final com classificação máxima. Posteriormente, prossegue os seus estudos na ESMAE com A. Pereira, B. Sebestik e N. Vaz, concluindo novamente o recital final com classificação máxima. Frequentou masterclasses com vários trompistas de renome como S. Zempléni, D. Thompson, W. Sanders, Frøydis R. Wekre, S. Jezierski, D. Johnson, entre outros. 
Foi galardoado no concurso "Terras de La-Salette" nas categorias Júnior e Sénior com o 1º Prémio e no prestigiado concurso "I.I. Markneukirchen" com o 2º Prémio (1º não atribuído). Integrou várias orquestras jovens e colabora regularmente com várias orquestras profissionais, como  a Orquestra XXI, a Metropolitana, a Gulbenkian, a Orquestra Sinfónica da Galiza, Orquestra Sinfónica do Porto-Casa da Música e BSP. Atualmente encontra-se a realizar mestrado em performance na Hochschule für Musik "Hanns Eisler“ em Berlim, na classe de Marie-Luise Neunecker, como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian.